Esta foto é sua?

5 lições para nossa vida amorosa que aprendemos assistindo “10 coisas que odeio em você” <3

Esses dias passei por algo um tanto quanto perturbador: estava sem ideias para um post novo. Até que um dia, meu amigo soltou a seguinte frase “estou assistindo ao filme 10 coisas que odeio em você”. E punf, ideias surgiram e aqui estamos. (Obrigadinha Alex, coração amarelo pra tu).

Quando assisti esse filme pela primeira vez (pra quem não sabe é uma adaptação de A megera indomável), minha vida estava mais ou menos assim: estava super apaixonadinha pelo menino da minha escola, mas ele não era apaixonadinho por mim. A cena do poema me fez chorar horrores (desculpa pelo pequeno spoiler). Nesse tempo eu achava que um coração partido era motivo para ficar escrevendo cartas e vendo filmes tristes (gente, eu ainda faço isso). O filme foi uma lição de vida na minha vida, e quando quero ter aquele gostinho de nostalgia, assisto. Semana passada foram três vezes.

1 – Você não está imune ao mosquito da paixão:

E isso pode acontecer mesmo se a pessoa for grossa, gostar de estar só, aquela que gosta criticar tudo, de fazer só o que realmente quer, de magoar pessoas próximas a ela. E foi exatamente isso que aconteceu com Patrick quando conheceu a “megera” Kat.

tumblr_li2ll6LXeA1qg96ipo1_500

2 – Seja você mesmo, sempre:

É isso que o filme te fará pensar que você pode ser, livremente, quem você realmente é. Alguém se encantará com esse pequeno detalhe que só você tem. E se não se encantar? Bem, você ainda será quem é.

2

3 – Você não é feita de plástico:

Nem eu, nem o rapaz que senta ao teu lado no ônibus. Todos temos sentimentos, por mais que alguns demoram para demonstrar. Somos fonte de cicatrizes e aprendizados. Quer um exemplo? Euzinha aqui. Sabe o menino por quem era apaixonadinha? Então, ele e alguns rapazes da escola, fizeram uma aposta pra ver quem “iria ter coragem de me chamar pra sair”, o prêmio da aposta? Uma caixa de chocoleite. Fiquei super arrasada quando descobri, mas passou.

3

4 – Nem todo o romance precisa ser necessariamente, um romance:

Patrick é um bad boy (temido por alguns alunos da escola) e Kat, é a megera da escola, uma ex-patricinha, odiada por todos. O romance dos dois, começa quando Patrick é pago para se aproximar dela. O que acontece: claro que ele se apaixona, mas não é daqueles romances que vimos em todos os filmes, sabe? É o um romance desse que você e eu encontramos. É aquela necessidade de estar perto, mesmo que milhões de vezes façamos o contrário. Um pouco clichê? Talvez.

4

5 – (Tente) não menosprezar as pessoas que estão ao teu lado:

E isso é pra tudo, não apenas pra pessoa que você gosta. Cameron amava a Bianca, irmã de Kat, e era menosprezado sempre que possível. A amiga que sempre tá ali, a sua mãe que sempre se preocupa. Não menospreze, quando você cair ela sempre estará ali pra te levantar.

5

Queria muito colocar o poema que a Kat recita, em um tópico, mas gente, não consegui. Por esse motivo, peguem os lencinhos. Eu já estou chorando:

E pra ninguém terminar o post chorando:

Comentários