Esta foto é sua?

5 maneiras de curtir um bom café

Contrariando a máxima de que todo jornalista não resiste a um bom café, seja lá qual for a hora, eu não era tão fã de uma boa xícara para deixar os dias mais aguçados. Mas os tempos mudam e com ele, os gostos, e hoje confesso que não sei viver sem cafeína no sangue e a presença dele me deixa mais inquieto do que de costume nas ideias e ações. Inspirado no que disse no parágrafo acima, resolvi trazer cinco formas de curtir uma bela xícara de café.

1 – Nas pausas do trabalho

Uma palavra: criatividade Sim, durante algumas pausas o trabalho, o café é bem-vindo por manter o ritmo e foco naquele objetivo do dia que você tem para cumprir. Seja na elaboração de um material, planejamento, saída para resolver contas ou simplesmente lidar com o chefe naquelas reuniões semanais. O café te mantém ligado com relação as obrigações profissionais. Cafeína, irmão!

cafe

Gluglugluglu (bora tomar rápido que tenho que terminar uns relatórios)

2 – Numa prosa boa curtindo a companhia de alguém

Simples, porque ele casa perfeitamente com as energias e constantes trocas de conselhos, aprendizados, vivências e experiências que as amizades proporcionam. Um café deixa isso tudo bem mais significativo e autêntico no caráter das relações, ele funciona como um tempero que aguça as ideias e compõem esse momento de reciprocidade.

cafe2

3 – Sentado no gramado ou em algum lugar ao ar livre

Acho que não existe maneira mais direta de estar em contato com a natureza, do que simplesmente sentado ao chão. Seja em um gramado, na areia (tomar café na areia em uma praia com vento forte pode não ser uma boa, né), no chão da sua casa ou em um parque, traz aquelas experiências em que um silêncio pode ser contemplado e uma solitude é bem-vinda nesse diálogo com nós mesmos. Além, claro, de uma paz que se instaura ao degustar o café e o cheiro que mais dopa – no melhor sentido da palavra – você te de desliga um pouco do mundo.

cafe3

Diz aí, deu vontade heim????

4 – Durante uma boa leitura

É preciso dizer mais? Se deliciar numa leitura é a possibilidade de se desligar um pouco do mundo real e mergulhar algo que a cada linha, parágrafo, página e capítulo vai ganhando vida no imaginário do seu mundo particular e ideias constantes. Curtir isso com um café forte traz consigo o belo prazer de casar duas coisas simples e saborosas de curtir: a capacidade de trabalhar a sabedoria.

cafe4

Ler + café = <3

5 – Escrevendo novos planos de vida

Fechando esta lista, eu trago um ponto muito importante e válido no balanço que devemos ter na vida.

Conversando com uma amiga enquanto elaborava esse material, ela sugeriu esse ponto o qual quis fechar essas cinco sugestões. E ela sintetizou em uma frase/sugestão algo que o café pode nos fazer na companhia para traçar planos, metas e objetivos a curto, médio e longo prazos. Que o exercício de amor próprio e desafio de escrever novos planos de vida, coisa que pra uns assusta, pra outros empolga.

O balanço que citei mais acima, é com relação a tudo. Seja naquela amizade que você está um pouco afastado, um medo para superar, se seu trabalho está sendo feito com devida dedicação, a relação com sua família, uma atividade física que você adia com pseudo-justificativas, um amor que deixou passar por medo de tentar ou se machucar. A lista é grande e, quem sabe, agora você terá um novo motivo – por que não companheiro? – para sentar e colocar essas coisas no papel afim de executá-las para saborear o belo sentimento do “Bom, eu tentei!” e não mais ficar tão escravo da dúvida.

Por fim, não que exista um número limitado e claro que existem inúmeras outras maneiras de saborear o gosto doce e, ás vezes, amargo dessa bebida que reflete tão bem o sabor da vida e as nuances que temos. Mas é que um café forte traz aquela bela sensação de que estamos sempre interconectados com as sensações da vida. E depois um café – não sei vocês -, mas a sensação que paira no nosso interior é aquela que estamos mais vivos do que nunca.

cafe7

Para terminar perguntando: “e aí, já pegou seu café hoje???”

Comentários