Esta foto é sua?

5 músicas para você conhecer “Os Versos que Compomos na Estrada”

Faz quatro dias que não para de chover aqui e eu fico melancólica. Precisava encontrar algo para ouvir que combinasse com os dias tão molhados, tão cinzas, sem deixar ser triste, mas sem aquele clima de faxina. Entende?

Nisso, lembrei de Os versos que compomos na estrada, um duo paulista, Lívia Humaire e Markus Thomas, que uniu a caminhada poética e musical. Os dois já vinham traçando caminhos individuais na música, mas em 2013 se juntaram pra fazer maravilhas.
A poética da estrada em tom sereno, macio e cativante faz deles uma revelação da música brasileira, um presente mesmo. Toda essa entrega vem carregada de introspecção e sensibilidade, deixando os peitos mais desastrosos em ressonância.

Da caminhada, até agora, nasceu um disco, homônimo, com a capa assinada por Pedro Gabriel (Eu Me Chamo Antônio) e DESATE, um compacto que faz parte de uma trilogia. O segundo compacto está previsto para a primavera próxima e chama-se Um verão qualquer.

Eu agora só sei esperar o inverno passar depressa.
Escuta e depois me diz:

1 – Que nem Kalu

Tira esses olhos de mim, esqueço dessa sua ausência
Que lembra em nosso dia-a-dia da falta que faz sonhar

2 – Céu de cimento e cal

Sei lá o que aconteceu
Se foi a desilusão de um primeiro amor
Ou céu de cimento e cal que nos acostumou?

3 – Deixa como está

Deixe que o tempo mostre
Que o tempo trate
Há tantas voltas pra se retratar

4 – Mães e filhas

E a vida vai te guiar
Quem sabe onde vai dar…

5 – Ana de cantar

Que ana cede pedaços
E move um mar tão seu
Trazendo luz ao breu

Aqui tem osite e oFacebook deles pra você acompanhar tudo.

Comentários