Esta foto é sua?

6 motivos para esperar pelo lançamento do Harry Styles

Talvez você reconheça o nome do Harry Styles, talvez não. O inglês era integrante do One Direction, o que, por si só, já é motivo para muita gente torcer o nariz ao saber que ele tá prestes a lançar material solo. Mas não se deixe enganar!
Ouvi algumas coisas do seu projeto e fiquei surpresa, pra falar bem a verdade. Para abrir a cabeça de quem ainda tem um pé atrás, separei 6 motivos que podem te animar para conhecer e esperar esse lançamento.
Será um sinal dos tempos? Vem!

1 – Novos caminhos

Se antes a direção era só uma, agora são muitos os caminhos que se abrem na frente dele (alerta da piadinha ruim!). Depois de sair da boyband, Harry pode explorar qualquer tema em suas músicas, brincar com todos os estilos.
Agora também está para sair “Dunkirk”, filme do Christopher Nolan em que ele participa pela primeira vez como ator. Aliás, dizem que mandou muito bem. Quem sabe isso não reflete em suas composições?

2 – Um quê de Bowie e Queen

A primeira música solo que saiu é essa aí de cima, “Sign of the times”. Nela, dá para perceber as influências claras de Queen e David Bowie, principalmente na época de “Life On Mars?”. E o álbum todo, dizem, lembra o rock dos anos 70.

Aí não tem como dar muito errado, né? Estamos na espera de mais músicas! Há quem tenha comparado com Lana Del Rey e Father John Misty.

3 – A melhor banda de apoio dos últimos tempos

Bastaram algumas apresentações em programas de TV pra gente se apaixonar pela banda de apoio do Harry Styles. Além de contar com duas mulheres, uma delas inclusive na bateria, eles ainda combinam roupa e aparecem com sapatos iguais.

Pelas entrevistas, todos parecem bem entrosados e estamos curiosos para ver como o resto do instrumental se desenrolou pelo álbum. Todos eles participaram das gravações e contribuíram um pouco!

4 – Até Chris Martin e Ed Sheeran viraram fãs

Imagina chegar num nível de vida em que o próprio Chris Martin grava vídeo se candidatando a líder do seu fã-clube. Pois é, nem o Harry esperava por essa. Já o Ed Sheeran é amigo de longa data, mas incrível mesmo é o guitarrista do Rolling Stones te conhecer e desejar boa sorte no lançamento.
Olha que incrível tudo isso:

5 – Pense numa grande produção

O HITS Daily Double, site focado na indústria musical, anunciou finalmente quem assinou a produção junto com Harry. E, apesar de você não conhecer Jeff Bhasker de nome, com certeza já ouviu alguns de seus trabalhos. Coloque aí na lista Kanye West e Rolling Stones.

Outro que ajudou nas composições foi Johnny McDaid, do Snow Patrol, que também já trabalhou com Ed Sheeran e Biffy Clyro.

6 – Autenticidade é a palavra-chave

Uma palavra que define bem o lançamento parece ser “autenticidade”. Pelo menos, ela é a que mais foi usada nas entrevistas e comentários feitos por quem trabalhou com Harry nesse tempo em que ele passou compondo sua estreia solo.

O próprio já falou que não queria escrever “histórias”, no sentido de “qualquer história”. “Queria escrever as minhas histórias, coisas que aconteceram comigo. A prioridade era ser sincero. Nunca fiz isso antes”.

Foi convencido agora? Ó, o álbum completo sai no dia 12 de maio, então falta pouco agora!

Comentários