loucuravergonha Esta foto é sua?

Acho que vou falar com você

É, acho que vou. Acho que vou te falar sobre como fico feliz quando te vejo postar alguma notícia boa e como ouço todos as músicas que você compartilha. E como dou risadas das bobagens. Acho que vou dar voz às coisas que faço por você em silêncio.

Eu já abri a sua janela no chat tantas vezes que nem cabem nos dedos das mãos. Eu já me sabotei no meio do “digitando…”, eu já revi todas as suas fotos antigas do perfil. Já conheci parte do seu passado através da timeline do seu Instagram. E sim: aquele like numa foto de milhões de semanas atrás foi sem querer; mas nem sei se percebeu ou se fui só mais uma curtida a fim de curtir você.

Acho que vou falar com você. Acho que vou te contar como quero seu bem e como torço pelas suas vitórias. Acho que vou te contar que mesmo aqui de longe eu me sinto perto de você; acho que vou te falar que você pode ter a mim para contar suas coisas, mesmo que já tenha contado mil vezes, mesmo que não tenha a quem contar.

Eu não quero só pra mim o que sinto por nós dois.

Acho que vou encontrar uma maneira de falar com você e descobrir se aquela que comenta “<3” nas suas fotos tem um lugar a mais na sua vida além de um número numa rede social como eu; preciso dar uma chance pra minha intuição vencer.

Acho que vou falar com você só pra ver se acabo com essa minha loucura e começo com a minha felicidade. Acho que vou falar com você mirando a volta da paz para os meus dias e, quem sabe, te ter também – imagina? Mas quer saber? Ainda que eu não te tenha, acho que vou falar com você só pra te contar o quanto eu já te quis e ainda quero. Eu não consigo adivinhar como você vai reagir quando eu falar com você, mas eu já consigo sentir alegria só por dividir com você tudo aquilo que sempre guardei pra mim.

E mesmo que não fosse com você, eu acho que deveria falar. Eu preciso parar de matar minhas possibilidades antes mesmo que elas nasçam, preciso parar de me sentir coagida diante da beleza das outras pessoas, preciso parar de me diminuir diante de tudo e vendo algo dentro de mim só aumentar. Preciso parar de ter medo de tentar.

Acho que vou falar com você.

Devo começar com um ‘oi, tudo bem?’ ou talvez eu nem cumprimente e já comece falando o que penso, sei lá. Por Deus, onde vende o manual de como falar com alguém sem parecer uma pessoa desesperada?
No fim das contas, eu não tenho nada de muito incrível pra te falar além do meu desejo em te mostrar quem eu sou; além de deixar claro que você pode falar comigo quando quiser também. Acho que vou falar com você. As pessoas precisam saber quando alguém gosta delas.

Comentários