Amigo é coisa pra se ouvir: qual foi a trilha sonora que você ganhou de alguém? Esta foto é sua?

Amigo é coisa pra se ouvir: qual foi a trilha sonora que você ganhou de alguém?

Uma das melhores coisas de termos amigos é dividirmos o fone. Amigo bom é aquele que sabe dar bons conselhos e indica as trilhas sonoras certas para cada momento. Várias vezes já recebi indicações de bandas que eu jurava desgostar e percebi que meus amigos me conhecem mais do que eu.

Preconceito com música é sempre burro, mas quando é um amigo que indica, parece ainda mais tolo. Amigo é aquele que junta uma música e o sentimento de outra pessoa, e forma o casamento perfeito. O resto é colega.

Conto abaixo algumas das minhas histórias envolvendo músicas e amigos. Me conta a sua?

Um belo dia, um grande amigo que tem uma produtora me avisou: “vou trazer 5 a Seco. O som deles é demais”. Não dei crédito, mas dei um Google. E foi nesse momento que eu parei de duvidar do gosto musical dele.

Aconteceu mais ou menos como na situação acima com Expresso Rural. Um amigo ia trazer um show da banda e me mandou um e-mail com esse link. Depois de um tempo, descobri que não só gostava da banda, como meus pais ouviam na década de 1980. Quem me mostrou Expresso Rural hoje é uma estrela e a música ficou.

Quem me mostrou Rhaíssa Bittar foi uma amiga que é daquelas pessoas tão lindas que não dá pra negar nenhum pedido. Estávamos saindo de um jantar e ela colocou para tocar. Foi paixão a primeira ouvida. Talvez porque seja como ela: doce e marcante.

Tinha brigado com um dos melhores amigos que já tive, quando ele me chamou para um café. Ao entrar no carro, ele pediu para que eu não falasse nada. Apenas ouvisse. A música era essa, de uma banda chamada Penélope, que eu nunca tinha ouvido. Não somos mais amigos. Talvez conhecidos íntimos. Mas tudo bem. Na música diz “a vida se encarrega dos encontros”.

Foi um poeta que me mostrou Tiê. Um amigo que vê a vida como música, que fotografa os ângulos mais expressivos, que me mostrou Manoel de Barros também. Ele me mostrou a voz de passarinho num dia que não tinha sido nem um pouco doce. O objetivo era me acalmar naquele momento e acabou virando um presente para a vida toda.

Comentários