Ricardo Coiro

Ricardo Coiro

Vive entre o soco e o sopro. Morre de medo do morno e odeia caminhar em cima do muro. Acha que sensibilidade é coisa de macho e que estupidez é atitude de frouxo. Nunca recusou um temaki ou um café. Peca todo dia. Autor do livro Confissões de um Cafamântico.

Confira 148 posts de Ricardo Coiro

Fui padrinho da minha ex

Ainda não sei se eu fiz aquilo por querer, ao mundo, fingir maturidade, ou se agi daquela forma por achar que eu, mesmo diante […]

Aposto no oposto

Ela é espiritualizada e eu, acredite se quiser, não acredito em nada. Ela come bastante salada e eu, apesar do medo da morte, vou […]

O tesão move montanhas

O tesão pode ser considerado um sentimento? Se puder, sem medo eu afirmo: é o mais entorpecedor de todos eles. Mais que o amor. […]

O escritor e o monstro

Antes de começar a escrever publicamente, quando cuspia versos somente para preencher as minhas gavetas e para me livrar das pressões internas, não tinha […]