Está difícil deixá-lo ir?

Olhe para você, menina. Está cansada! Foram tantos murros em ponta de faca que não são apenas as suas mãos que estão machucadas. O […]

Meiga feito um tijolo

“Por que você nunca me dá carinho?”, perguntei esses dias ao Pedro. “Pelo que eu lembre, desde que te conheci, você nunca foi muito […]

Me chama de amor

Não gosto quando você me chama de amiga. Amigos não fazem o que a gente faz quando nós dois estamos juntos. E quando você […]

Amorturidade

Sim, eu inventei essa palavra. Amorturidade é aquela paz que você sente quando olha nos olhos da pessoa que você escolheu para estar ao […]

Vem aqui

Chega perto. Não tenha medo. Eu não vou te forçar nada, mas eu gostaria que fosse você o cara. Se não for, tudo bem. […]

Mais amor, menos jogos

Às vezes, eu me pergunto: “por que as pessoas fazem tantos joguinhos sentimentais?” Mentem, trapaceiam, iludem, escondem, usam palavras apenas por usar, brincam com […]

Eu sou muito clichê

Quando é pra escrever textão sobre pizza de calabresa, sobre a morte da bezerra, sobre o trânsito na Rebouças, sobre a modernidade líquida e […]

Sou tua casa

Você me olha nos olhos e eu já não sei onde começo e termino. Sei apenas que é bonito te ver assim: me olhando, […]