Esta foto é sua?

Carta para um coração partido

Eu sei que dói. Acredite, eu sei. Já passei por isso mais vezes do que gostaria de ter passado, e não me iludo achando que não vai mais acontecer. Se você fizer silêncio dá até pra ouvir o barulhinho do coração rachando. Dói mesmo, e geralmente demora pra passar. Eu entendo. E quando começa a passar, a gente começa a se fechar, com medo de acontecer de novo. E a gente prefere se fechar do que correr o risco de novo. Aí a gente não se envolve, entra em relacionamentos que sabemos não ter futuro, afastamos pessoas com quem possamos vislumbrar uma vaga possibilidade de envolvimento.

Mas olha, vai por mim, não vale a pena se fechar. Todo mundo me pergunta porque eu continuo tentando depois de nove namoros. Sim, vou.  E você também deveria. Não se deixe abater. Dói mesmo, sei bem disso. Também já fui traído, enganado, deixado só. Já achei que só perdi tempo com alguém, ou que não deveria ter insistido. Já me arrependi de ter me envolvido e de não ter me envolvido. Já me arrependi de ter tentado demais e de ter tentado de menos. Já me arrependi de ter escrito e já me arrependi de não ter escrito.

Tem um ditado australiano que eu acabei de inventar que diz que ex é que nem camisa de banda de rock: cinco anos depois você olha uma foto e não sabe como um dia pôde gostar daquilo. Discordo em partes, eu tenho ex que eu entendo perfeitamente o que me fez amá-las, mas tenho algumas que eu não sei onde estava com a cabeça. Assim como alguém por aí deve pensar isso de mim. E de você também, não se iluda. É normal. Mas sempre vale a pena. Sempre. Eu, por exemplo, tive nove namoradas, sempre em busca da paixão eterna. E a encontrei nove vezes. E vou continuar procurando. Porque cada segundo sendo amado vale mais que meses de coração partido. Porque pode parecer brega, piegas, mas o amor é a única resposta, e o que faz tudo valer a pena.

Como dizia o poeta:

Por esta vida e não viveu
Pode ser mais, mas sabe menos do que eu
Porque a vida só se dá
Pra quem se deu
Pra quem amou, pra quem chorou
Pra quem sofreu, ai

Quem nunca curtiu uma paixão
Nunca vai ter nada, não

Não há mal pior
Do que a descrença
Mesmo o amor que não compensa
É melhor que a solidão

Abre os teus braços, meu irmão, deixa cair
Pra que somar se a gente pode dividir?
Eu francamente já não quero nem saber
De quem não vai porque tem medo de sofrer

Ai de quem não rasga o coração
Esse não vai ter perdão

Vinicius de Moraes

Comentários