Esta foto é sua?

Como não me apaixonar se ele é libriano?

A verdade é que é difícil passar pela vida sem tomar um pé na bunda, levar um tombo em público ou se apaixonar por um libriano. Todo o mundo, uma vez na vida, já caiu nas graças desses seres que são especialistas na arte de agradar. Comigo não foi diferente. Não tive como não me apaixonar.

Ele realmente gosta do amor. Leva o amor muito a sério. Libriano não ama por amar. Libriano gosta das histórias, dos romances e dos detalhes. Ele é perito na arte de se relacionar e confesso que eu me encanto todos os dias com o jeito platônico e idealizador com que ele trata os anseios de uma vida a dois em que prevaleça a vontade de amar.

Ele é muito bom em encantar pessoas. Até mesmo aquelas que ele nem quer conquistar. Conquista todos que estão à sua volta porque só quem nasce ali entre setembro e outubro detém esse terrível dom de saber o que o outro quer sem nem perguntar.

Ele agrada a tudo e todos, mas nasceu com o péssimo defeito de vira e mexe esquecer as próprias vontades e não se priorizar. Ele diz que é indecisão, mas desconfio que lá no fundo seja só um medo gigantesco de dizer algo que desagrade o outro e cause alguma confusão. É que ele tem medo, quase pavor, de brigar.

Ele odeia brigas. Odeia confusão, deselegância e tudo aquilo que atrapalhe a harmonia do belo mundo pacífico que ele pretende habitar. Na verdade é até bom que ele não goste de brigar. Com librianos, sempre tão ponderados, é bem difícil ganhar uma discussão. Eles escondem o jogo, mas a verdade é que quase ninguém é tão bom quanto eles no exercício de argumentar.

Só sei que ele me encanta. Me encanta pelo altruísmo, pela beleza e pelo jeitinho fofo com que  se dedica à arte de se relacionar. Me encanta porque joga encantos aos quatro cantos e confesso que também me assusta por parecer ter o hábito compulsivo de sair às ruas para conquistar. Espero que ele se decida e perceba que eu me apaixonei porque diferentemente dele, eu só tenho uma dúvida: “Librianos: como não amar?”

Comentários