Como tornar tudo ao seu redor em algo com mais sentido? Esta foto é sua?

Como tornar tudo ao seu redor em algo com mais sentido?

Hoje quero trocar uma ideia com vocês. Tava observando os comentários dos posts anteriores e quase sempre me deparo com palavras como ‘chorei’, ‘malditos ninjas cortadores de cebolas’, ‘emocionei’, etc. Ainda bem que quase sempre essas palavras remetem à algum sentimento bom ou reflexão que vocês tiraram dos texto. Mas hoje vim trazer algo um pouco diferente, mas igualmente legal para vocês. Uma pergunta: Como estão a vida de vocês?

Bom, vivemos em uma sociedade que basta apenas um dia ruim para perdermos a cabeça em que existe um mundo de coisas que nos entristecem e com isso nos tornam as pessoas mais secas, frias e em certos momentos calculistas, isto é fato. Mas como o símbolo do Yin-Yang, apesar de não parecer, tudo está em perfeito equilíbrio, e sabendo dosar e ter conhecimento de algumas coisas, você pode simplesmente tornar tudo ao seu redor em algo com um pouco mais de sentido.

Sou muito fã de um assunto chamado Cultura Cyberpunk, em que ele aborda um futuro pós-apocalíptico e individualista. Pois bem, esta última palavra que quero chamar atenção. Não precisamos ir longe para notarmos que o mundo caminha mais ou menos por esta direção, basta olhar as confusões nas filas, histórias no ambiente de trabalho ou até mesmo com a pessoa com quem você está envolvido, família e amigos, são alguns exemplos. Tudo isto envolve algo que visualmente não percebemos, e se chama equilíbrio emocional.

Como falei acima, nós temos a sensação de a qualquer momento vamos perder a cabeça, e de certa forma, podemos mesmo. Porém, o grande segredo é que existe o outro lado da história e que somente poucos percebem isto, você já parou para pensar no universo de coisas que circunda você? Cada escolha gera uma consequência e um leque de nuances onde podemos aventurar e de fato, viver algo novo.

Uma coisa que chama atenção, é exatamente quando conseguimos enxergar o lado contrário quando tudo parece conspirar pro erro, mal ou decepção inevitável. E uma maneira linda de se enxergar isto, é por meio de algo que tem um ideal puro e verdadeiro, uma busca pelo amor por meio de ações simples e que aparentemente poderia não significar nada. Existe um vídeo que chama muita atenção e fala exatamente sobre isso, olha só:

Sensacional, não?

O que o rapaz do vídeo ensina se chama Alquimia Mental. É nada mais que pensamento positivo. SEMPRE. Pensando positivamente, você consegue enxergar oportunidades onde ninguém mais enxerga, fazendo o seu futuro mudar com atitudes simples, mas que poucas pessoas fariam, poucas mesmos. Em outras palavras, é a prática do amor incondicional em que você recebe absolutamente o amor de tudo ao seu redor e com isso tudo passa ter um pouco mais de sentido.

Entretanto, como falei do Yin-Yang no início do texto, existe claro o outro lado, e sim, como falei antes, algo pode nos desapontar de uma hora para outra. Nada é perfeito, ninguém é perfeito e as pessoas não são robôs, não adianta cobrar coisas que não são palpáveis, não adianta querer amor do próximo se você não tem amor próprio, não adianta ser feliz se você não começar se perdoar e exorcizar alguns demônios pessoais.

Quando acontecer (e vai acontecer) algum desapontamento, infelicidade e sentimentos similares, o grande lance é focar na solução e não ficar problema, além de tentar tirar sempre que possível uma lição das coisas. Sabe a expressão “Se vendesse conselho eu era a pessoa mais rica do mundo”? Talvez as coisas não funcionem bem por aí, um exemplo às vezes tomam proporções inimagináveis. Muito abstrato isto? Tire suas conclusões:

Legenda do vídeo: Não dê conselhos, dê exemplos!

Não convenceu ainda? Tudo bem, ouça e perceba a essência dessa música e sua letra, é quase um mantra:

Legenda do vídeo: ‘Faço de mim casa de sentimentos bons, onde a má fé não faz morada e a maldade não se cria’

Enfim, nós temos que enxergar o universo das coisas, entender que existe um equilíbrio e no fim das contas tudo vai dar certo. Como já falei por aqui, temos que viver de peito aberto, não ser escravo do medo ou da dúvida, e curtir as experiências que se chama viver. E sim, a vida é sensacional!

So enjoy it!

Comentários