Esta foto é sua?

Desmistificando o ‘Parabéns pra você’

Antes de começar, eis a letra da célebre canção que é cantada no dia em que completamos mais um ano de vida:

‘Parabéns pra você, nessa data querida

Muitas felicidades, muitos anos de vida

Hoje é dia de festa, pra alegrar nossas almas

Fulano de tal faz ano, uma salva de palas’

Confesso que me amarro no dia que do meu aniversário quando alguém chega e me dá os parabéns, deseja felicidades, meu celular explode com mensagens ou ligações e os amigos querendo saber onde vamos beber a noite. Porra, é o meu dia. E o presente? Nem se fala, alguns acertam em cheio, outros numa tentativa louca pra acertar acabam conquistando pela tentativa, por mais frustrada que seja ele se lembrou de ti, e cá entre nós, isso é o mais importante.

Mas, voltando ao assunto, à letra acima é uma clara citação que nesse dia você é mais do que nunca protagonista do dia, a pessoa que está, ao mesmo tempo, fechando e iniciando outro ciclo. Porém, o que me fez chamar atenção nessa letra e vem resultando nessas palavras pelas quais você está lendo, é que só podemos lembrar da nossa jornada, saga ou da nossa vida nesse momento (leia-se dia)? E de que valeu os outros dias? Passaram em branco pra você? Pois é, sem querer, esta é a sensação que se passa.

Muita gente incrivelmente curte essa data da melhor maneira possível, e claro que existem outros mais tímidos ou apáticos que preferem algo mais introspectivo, cada um tem seu jeito de curtir esse dia. O dia do nosso aniversário é marcado pelo data que chegamos ao mundo, que nossa mãe nos deu a luz, que demos nossa primeira respirada e esgoelamos no quarto de hospital depois de sua ter feito um esforço descomunal pra trazer você pra cá, sem dúvidas é o dia que o mundo ganhou você e você ganhou o mundo.

Quando tava pensando e elaborando esse texto, fui singelamente no meu Facebook e perguntei: Pessoal, o que a data do aniversário de vocês representam pra vocês? E as respostas foram as mais variáveis possíveis. Separei algumas respostas para vocês:

‘Dia para agradecer e reunir com as pessoas que mais gosto.’ (Monique Morais)

‘Festa.’ (Bruna Almeida)

‘Pra mim é o dia do ano especialmente pra eu celebrar e agradecer minha vida.’ (Samiriam Medeiros)

‘”Dias de glória, dias de luta”. É o marco disso!’ (Amy Loren)

‘Acho meio chato e sem sentido. Ser parabenizado me incomoda, acho tolice, como se eu tivesse algum mérito em existir, tipo “Parabéns por suportar viver esse tempo todo sem ter se jogado da ponte”. Acho que o fato de ainda estarmos vivos é simples acaso e comemorar por essa sorte em apenas um dia do ano é simplesmente estranho, já que não fazemos ideia de quanto tempo ainda vamos ficar vivos, não seria melhor comemorar todo dia? E de fato não é o que fazemos nos descansos do fim da noite?’ (Fabrício Costa)

‘Mais um dia chato’ (Jow Mourão)

‘Acho que o dia do aniversário é tipo um lembrete da vida, um recado: olha, curta seu dia, agradeça pela vida, mas corre e transforme seus planos e ideias em ações, pois estamos vivos, mas temos “prazo de validade”… não perca tempo!’ (Vanessa Pimentel)

‘Acho que deveríamos não se prender apenas a esse dia exclusivo, pois a cada dia que se passa é um dia a mais vivido para cada um de nós ou seja “comemore” todos o dias vivido e reflita no que você faz’ (Danillo Nascimento)

‘Até agora busco um sentido para o meu aniversário. não sei se fico feliz por estar vivo ou analiso se vivi. é um dia bem complexo pra mim.’ (Manoel Veloso)

‘Nada’ (Giovanna Lemos)

Interessante não? Até porque cada pessoa por si só é um mundo, com suas impressões, perspectivas, medos e sonhos. Foi divertido e curioso como cada pessoa encara a data do seu dia, como falei acima, o dia que você ganhou o mundo e o mundo ganhou você.

Entretanto, lhes questiono: E os outros dias? E as inúmeras oportunidades e aventuras que se fazem presentes toda manhã, tarde, noite e madrugada que você não percebeu e passou? E aqueles segundos, minutos e horas que você ficou pensando, ao invés de agir? Por que será que os melhores dias são aqueles que acontecem justamente o que não planejamos ou você depositou vida neles?

Ok, eu sei, são várias perguntas, mas o objetivo é exatamente este. Todo dia você nasce, todo dia é seu dia, todo dia você brinca, todo dia você morre, todo dia você sorri, todo dia você chora, todo dia você se diverte, todo dia você conhece algo novo, todo dia você tem que dar conta de você mesmo, todo dia vencemos, todos dia perdemos, todo dia é uma oportunidade, todo dia é dia de ser feliz, todo dia é buscamos experiências novas, todo é um novo dia. Então, não espere o ‘seu’ dia para perceber quem você é, faça todo dia ser seu dia. E se você conseguir fazer isso, parabéns bem pra você!

Comentários