E aaaaí, como foram as férias? Chega pra cá! Esta foto é sua?

E aaaaí, como foram as férias? Chega pra cá!

Faaaaaaaala galera sensual!

Imagino a saudade que vocês estavam. Eu também estava, mas assim, uma puta saudade mesmo. Daquelas ansiosas, de ficar olhando o celular para ver se a mensagem chega hahahaha!

Entããão, depois de ver praias lindas e mulheres tão lindas quanto, voltei. Voltei animado e querendo agitar a porra toda. Assim com palavrão mesmo. E vou confessar algo para vocês também.

Sabe, eu adoro chegar em casa. Digamos que eu não nasci para praias maravilhosas e momentos de paz prolongados. Grande parte das pessoas, normais, agradeceria por morar em uma praia linda, com vento fresco, sol e seios à mostra. Eu não, eu gosto de cidade grande, de poluição, de trabalhar até de madrugada, de escolher a dedo o restaurante que quero – mesmo que eu viva naquela anedota do restaurante tailandês às 4 da manhã – de me preocupar com o amanhã, de sonhar rente aos prédios cinzas, de viver na constante agitação, de ver pessoas de terno caminhando pelo centro, de receber o jornal em casa sem atrasos e, de seios à mostra só para mim. Sou egoísta com os seios alheios.

Passo uma semana na praia e sinto-me mais perdido que cebola em salada de fruta. A minha criatividade é vinda da cidade, das pessoas e suas complicações diárias, do cotidiano variável e suas respectivas conversas vindas de um elevador, sempre, constrangedor. Alguns dizem ficar loucos na agitação das metrópoles, já eu, fico louco com a paz prolongada. Então, sou daqueles, loucos, que adora viajar por algumas semanas, mas adora, mais ainda, voltar. Até porque, nada substitui meu chuveiro e a minha cama. Talvez a cama do Waldorf Astoria, talvez…

Enfim, é muito bom estar de volta e, claro, com a energia de vocês. Agora vamos parar de papagaiada e me digam:

Como vocês estão??? Como foram as férias???

PS: Maaaaaaas contem mesmo!

Comentários