Esta foto é sua?

Ei, vai se foder!

Confesso que, no início, não era isso que eu queria te dizer. Mas é que eu me cansei, sabe? Já não sou mais aquela pessoa que faria o possível e o impossível para ganhar um sorriso seu no final do dia; para te falar a verdade, há muito tempo eu já nem me importo mais com o seu sorriso. O nosso amor perdeu a graça, e eu, enfim, percebi que perdi tempo demais vivendo uma história onde os nossos finais felizes nunca dividiram a mesma página.

Por falar em início, você se lembra de quando tudo começou? Lembra do meu esforço para sermos um? Lembra quantas vezes eu te lembrei de que, se dependesse de mim, suas mãos nunca ficariam vazias, e o seu coração nunca bateria em vão? O que você fez com tudo aquilo?

Tô aqui olhando as nossas fotos e não consigo enxergar a resposta. Eu tinha tanto para aprender com você, tanto para te ensinar, tínhamos tantas coisas a compartilhar ainda…

Mas olhe bem para o que sobrou de nós; dois desconhecidos que esqueceram de se desconhecer em meio a primeira dificuldade que apareceu. Será que não valia mesmo a pena insistir um pouco mais?

Tenho me perguntado isso por meses, mas talvez a resposta seja óbvia demais para aceitar. No fundo, eu sei que você não se doou nem a metade do que eu me entreguei. Essa era a minha função. Eu amava por dois. Eu ficava feliz quando você sorria. Eu ganhava o dia quando ele terminava com um abraço seu.

Mas o tempo passa, as feridas cicatrizam e o coração sempre arruma um jeito de se remendar e seguir batendo, mesmo que ainda fora do compasso, perdido em meio às lembranças.

E por falar em lembranças, lembra de quando você me disse que sentimento é coisa rara demais para se esconder? Então, após tanto tempo, eu preciso te dizer o que eu sinto: vai se foder.

Comentários