Eles nunca irão te entender

Existem tristezas, dúvidas e desafetos que somente nós conseguimos mensurar o quanto ainda nos ferem e o quão internamente vastos são. Dividir com os outros o que realmente sentimos é de suma importância para democratizar as nossas inquietações, mas nem sempre o melhor caminho para sentir-se seguro com as próprias e turbulentas decisões. A gente deve compartilhar as insistentes angústias que nos habitam, mas mais importante do que compartilhar os nossos sentimentos com os outros, é saber quem de fato irá ouvi-los com a calmaria do coração e não com a ansiedade dos julgamentos morais.

Quando estou presente em algum evento e me disponho a ouvir algumas histórias das pessoas que ali estão, sei que sou somente um receptor e não um emissor de opiniões, por mais que elas achem que não, por mais que elas achem que realmente querem ouvir a minha opinião sobre aquela determinada situação. Ouço histórias de todos os tipos, desde agressões e assédios, até de familiares que partiram ou amores românticos que hoje vivem em uma eterna caixa postal. A verdade é que quando essas pessoas me contam as suas histórias, elas não querem ouvir uma resposta minha ou um conselho com o propósito de alívio imediato – que, honestamente, muitas vezes nem existe –, elas só querem ser ouvidas. Elas querem dizer o que sentem e que alguém as compreenda – e compreensão nem sempre é seguida de palavras. Enquanto elas contam seus os relatos, deixo as suas palavras fluírem e ganharem força na própria boca delas, me muno de carinho pela história e na magia do silêncio me expresso somente com os olhos: “pode falar, pode continuar, não se julgue, aqui você pode ser quem você quiser…”

Quando o assunto é uma dor guardada na gaveta do coração, a gente precisa manusear com cuidado, pois nem todos saberão lidar com as nossas intimidades com o respeito que elas merecem. Eles podem até ouvir, mas irão analisá-las pelas próprias experiências e não pelo contexto original da história – colocar a sua realidade como parâmetro é sempre de uma enorme injustiça. O que os outros têm a dizer sobre os nossos sentimentos poder ser único e especial, mas necessita de muita consciência compreensão. Talvez isso é o que muitos chamam de empatia.

Precisamos dizer o que sentimos e, caso necessário, nos emocionar com isso, porém dividir as nossas melancolias com quem temos certeza que não irá se preocupar com a profundidade delas é um pecado. Decidir quem merece o nosso voto de confiança ao falar sobre nós é uma escolha importante para não desacreditarmos nas pessoas como um todo. Fale, nunca deixe de falar e de se abrir, mas saiba com quem dividir as tuas verdades, pois nem todos estão honestamente interessados e merecem ouvir as histórias que teu coração quer, e tem a necessidade, de contar.

Comentar sobre Eles nunca irão te entender

62 comentários abaixo sobre Eles nunca irão te entender

  • Dayane Alves disse:

    Você e foda demais!!!

  • Eduardo Filho disse:

    Sensacional, muito sucesso pra ti, já quero um livro autografado, espero conseguir adquirir em breve!!!!

  • Hemily Christie Araújo de Souza disse:

    Verdades em que muitas vezes falhamos pelo desespero de estarmos tão cheios de angústia. Mandou muito bem! Vem pra Anápolis-GO!

  • Rafael disse:

    Muito bom, final verdadeiro.

  • Priscila disse:

    Show!

  • Maria disse:

    Que texto incrível! Incrível por transmitir tudo de uma maneira doce, por deixar claro exatamente o que precisávamos ler.

  • Hyasmim Oliveira disse:

    Vc é incrível!

  • Karen disse:

    Quanto mais próximos de nossa essência, podemos perceber quem pode escutar nossas melancolias ou sucessos com o coração.
    Show, parabéns pelo texto!

  • Diciane disse:

    Você é show

  • Josefa disse:

    Super bacana, pois na maioria das vezes as pessoas usam nossas próprias palavras contra nós mesmas.

  • Jheny Silva disse:

    Perfeito ❤

  • Ana Paula disse:

    é impressionante como eu acho um conforto nos seus textos, você é incrível e parece estar falando exatamente pra mim!

  • Liz Carolina disse:

    Oi Fred tudo bem? Espero que sim rs

    Meu nome é Liz Carolina e sou nova por aqui mas sempre via seus vídeos pelo facebook e depois fui para o youtube e foi quando encontrei um youtuber que o conteúdo fosse feito pra mim, sem tabu apenas uma suave e carinhosa conversa, é isso que faltava alguém para conversar, alguem que eu posso falar o que eu quiser que não vou ser ridicularizada ou julgada, as vezes penso que não tenho amigos pq quando eu preciso apenas conversar não tenho ninguém e foi no youtube no seu canal que encontrei um amigo e te agradeço por ser esse amigo que além de falar o que precisamos e não o que queremos escutar ainda torce pelo nosso sucesso assim como nós inscritos torcemos pelo seu. Peço desculpas pelos erros de português, e mais uma vez obrigado por ser essa pessoa maravilhosa e por proporcionar esse desabafo. Todo sucesso do mundo ❤

  • Fernanda disse:

    Virou 180° meu ponto de vista.
    Tenho dificuldade em encontrar pessoas que me passem segurança a ponto de me abrir,e em contramão muitas pessoas se sentem a vontade para desabafar comigo.
    Gostei da dica e pretendo ter mais atenção quando falar.

  • Alessandra Moreira disse:

    Gratificante ler cada estrofe desse texto.

  • Mariana Souza disse:

    Como eu amo seus textos, seu trabalho é surreal! VOCÊ É MARAVILHOSO ❤️

  • Katiliane disse:

    A cada dia que passa estou me apaixonando por você. Adoro vê seus vídeos e o jeito que você me faz sorrir, mesmo se o meu dia foi horrível. Gosto desse seu jeito calmo e pausado de falar! Louca para ter seus livros… Que o seu caminho seja de muito sucesso meu querido.

  • Simone Siqueira disse:

    Esse texto me fez refletir sobre inúmeras questões , foram tantas que agora fiquei sem palavras.
    Nesse momento prefiro guardar cada palavra aqui tão bem escrita por você. Guardarei em alguma caixinha do coração pra me recordar sempre que for necessário.
    Obrigada

  • Ivanete Merelo Fortunato disse:

    Um texto lindo realmente ,cada face que descobri de vc me apaixono mais rrsrsr(no bom sentido).Um cara de uma sensibilidade única ,com uma doçura no falar em transmitir seus pensamento .Vc é o cara .

  • Tatiane Bertão disse:

    Vc sempre tem as palavras certas, na hora certa. Amei esse texto, era o que precisava pra hoje. Obrigada Fred…vc é demais..bjs

  • Renata disse:

    Saber o momento de falar !?!?!
    Acho q e sempre meu maior medo !
    Texto lindo .
    Onrigada

  • Jane Kelly disse:

    Caracaaaa. Q fodaaaa Fred!

  • Nathalia disse:

    Poxa, eu necessitava de um choque de realidade assim!

  • Emmanuela Elis disse:

    Queria tanto desabafar com vc Fred, vc é demais todos sucesso do mundo pra ti!!!

  • Patrícia Sales disse:

    ❤️Obrigada!!

  • Veridiana disse:

    Oi Fred, quer ser meu melhor amigo?? Rsrsrsrs adoraria desabafar minhas melancolias com vc !!! Admiro muito teu trabalho, parabéns

  • Ana Carolina isa disse:

    As vezes eu simplesmente contava para quem eu SABIA que não
    se preocupava de fato, mas mesmo assim, eu ó fazia pós queria desabafar achava que séria melhor botar para fora mas…

    É, a mesma coisa de pessoa que vê que você esta mal e vai até você e pergunta mais não na intenção de te ajudar, e sim saber da sua vida.

    … abria a boca para desabafar com pessoas vazias que não se importam, é melhor nem abrir a boca.

    Acho que a coisa mais gostosa e… escrever por mais que seja “clichê” é gostoso você, pode ser… você.

    Ps: Posso está falando merda. Apenas ignorem meu comentário. =)

    • Wellida Alves disse:

      Não acho que esteja falando merda. Você tem toda razão. Muita gente diz se importar, mas na verdade são apenas curiosos ou são pessoas que querem mostrar o quanto são ‘fortes’, menosprezando nossos (res)sentimentos. Que a gente tenha a oportunidade de encontrar pessoas empáticas de fato, que nos ouça apenas, e se nada puderem dizer, que ofereçam o seu melhor abraço. E que a gente possa fazer isso também, sempre que possível.
      E sobre escrever, quando a gente escreve, acaba tornando concreto o que sente, e isso alivia muito. Minha psicóloga diz que escrever é terapêutico. E olha… cada vez mais eu acredito nela. =)

  • Ana Carolina isa disse:

    Lindo texto. ❤

  • Wellida Alves disse:

    Obrigada por esse texto! Eu me vejo nesse dilema… Falar e me sentir no vácuo, seja pela ausência de resposta ou pela resposta repleta de julgamento, ou me retrair e deixar as grandes e pequenas dores me sufocarem? Difícil, viu? Esse último parágrafo diz muito sobre mim, porque nem para os ditos “melhores amigos” (e realmente eles são) eu consigo me abrir. Preciso tomar cuidado… Porque aparentemente podem pensar que eu sou fria, mas na verdade sofro quieta. E dói muito mais. :(

  • Giovanna Pimentel disse:

    Lindo texto!! A gente costuma achar que todos os nossos “amigos” nós querem bem, até decidirmos compartilhar uma alegria que não os alegra da mesma forma. Me identifiquei demais com o texto! Sou apaixonada por seus vídeos também, sempre me encontro por lá, emocionalmente principalmente. Sucesso pra ti!!!

  • Isadora disse:

    Parabéns pelo texto, Fred! Acho que ele serve como uma via de mão dupla: é um conselho tanto para que tomemos cuidado ao escolher o receptor da mensagem que queremos compartilhar, quanto para que saibamos ser o ouvinte que o outro precisa no momento do desabafo.
    Acredito que escutar qualquer experiência do outro e emitir uma opinião sincera (quando solicitada) desprovida de preconceitos e com o filtro da nossa própria realidade desligado é uma questão de maturidade. Ser empático é um exercício diário de percepção de que o mundo não gira ao nosso redor. Emitir uma opinião apenas para satisfazer uma vontade do nosso próprio ego de “se sentir útil” costuma ser uma armadilha que coloca nossas próprias experiências num pedestal, fazendo que o outro acabe se afastando por ter suas vivências incompreendidas e diminuídas.
    Maturidade é aceitar que muitas vezes a gente não vai saber o que dizer e que o melhor que poderemos dar para o outro é o nosso silêncio e nosso mais sincero ombro amigo para acolher aquela pessoa que resolve se abrir conosco. E tudo bem, porque muitas vezes ter alguém para simplesmente escutar a sua história é, de fato, tudo o que o outro precisa.

  • Sandra Monteiro disse:

    Que lindo, concordo com todas as linhas, palavras. Estou em buscar do meu bem interior e este texto vem em boa altura. Obrigada

  • Deborah faria ferazole disse:

    Fred que texto lindoo, voce é demais, sou sua fã. Vivo na Espanha te acompanho todos os dias, minhas alegrias é ver seu video, ler seus textos, meu sonho vc me responder. Muitos beijos

  • Kellen disse:

    Nao me canso de ler.

  • Katrine disse:

    Vc é um abençoado por Deus …queria ter vc como meu psicólogo conselheiro sei lá mais queria

  • Daiane Cristina disse:

    Amei, sempre gostoso ler algo relevante de verdade.

  • Mariane Oliveira disse:

    Vc é um anjo que Deus nos enviou!
    Sou apaixonada pelos seus textos

  • Jéssica disse:

    Suuuuuuper verdade Fred. Maravilhoso texto!

  • Tuigue disse:

    Lindo demais! ♥️

  • Simone Ana disse:

    Amei ler isso to.necessitando.disso to ajuda a me achar me conhecer

  • Pâmella Ribeiro disse:

    Perfeito! É exatamente isso que sinto. Mas infelizmente conheço poucas pessoas com essa sensibilidade.

  • Nicole disse:

    Falou tudo que o povo preciso ouviu,tá de parabéns

  • Hina disse:

    Me emociono com todos os seus textos

  • Andreza disse:

    Que texto maravilhoso

  • Paloma Dias disse:

    Muito bom!
    Perfeito, é bem assim…

  • Darlane disse:

    Que lindo primeira vez que leio seus texto parabéns

  • Mag disse:

    Confesso que me emocionei, esse texto é simplesmente maravilhoso.

  • Isa disse:

    Você é incrível,me inspira,e me traz calma…

  • Ana Caroline disse:

    Fera demais, te admiro muito!!!

  • Jesssica. disse:

    É exatamente isso!

  • Muriel disse:

    Fantástico…vc tem me ajudado muito!! Obrigada por compartilhar conosco!!

  • Rejane Silva disse:

    Que texto incrível! Me apaixono cada vez sempre que leio algum texto seu. O Fred sabe perfeitamente como lidar com as palavras e com os sentimentos, isso é de fenomenal! Te amo, Fred!

  • Francisca Silvana Nunes da Silva disse:

    Oi tudo bem com você adoro seus vídeos você é muito gentil inteligente beijos seja feliz beijos um abraço.

  • Polyana Brito disse:

    Esse cara tá me fazendo um bem danado.

  • Nataly disse:

    A cada texto um conforto pra alma!!! <3

  • Daniela Lemos disse:

    Só sei chorar lendo isso…. Obrigada Fred! <3

  • Kelly Ramalho disse:

    Melhor coisa que eu já li! Obrigada Fredinho =)

  • Paola Mel disse:

    Nossa que texto incrível

  • Renata disse:

    Tão novo, é tão maduro. Interessante sua sensibilidade. Parabéns.

  • Joyce disse:

    Melhor coisa que li!!
    Tudo que leio seu parece que é pra mim,me identifico muito!!

  • Felipe disse:

    Você é foda Fred