Eu achei que seria para sempre

Eu achei que seria para sempre. Na verdade, eu sempre acho. E não me considero inocente por pensar ou sentir assim. Sou feliz tendo meus sonhos, amores e medos do tamanho do mundo; com a idade estou aprendendo a me aceitar do jeito que sou. A verdade é que juntar o meu coração com o de alguém sem ser vizinho da intensidade, infelizmente, não faz parte de mim.

Do canto mais quieto que há em mim, estou percebendo como lidar com o fim das coisas ainda é algo complexo demais. Dá vontade de gritar. Dá desejo de voltar tudo como era antes. Dói tanto. Rodopia feito carrossel. Dá vontade de voltar as horas. A relação. O sentimento que existia. Eu queria tanto brincar de novo com o cabelo dela. Queria deitar minha cabeça na sua barriga quente. Dizer coisas sem pensar. Amar sem pensar. Viver sem medo do futuro e suas responsabilidades.

Dizer adeus a tudo o que conquistamos juntos, se faz insuportável. Essa dor de saber que não há volta, mesmo querendo tanto reverter o tempo, me consome muito. Antes de dormir fico com o celular repousado no peito na ânsia de te enviar algo. Talvez eu não saiba lidar com a tristeza da partida. Nosso coração quer tanto voltar a se perder na imensidão do que já sentiu, mas a gente sabe que não há como. Até porque, depois do que aconteceu, mesmo se a gente voltar, a gente não volta.

Espero que estejas bem, mas com saudade. Mesmo distante não quero me sentir sozinho nesse momento. Às vezes, quando de mãos dadas com a tristeza de não ter mais quem gostamos ao nosso lado, a gente acha que sentimos tudo isso sozinhos. Pois, na verdade, nunca sabemos se a outra pessoa está sentindo o mesmo que nós. E seria tão bom se ela sentisse. Não pelo sadismo de ver o outro sofrer, mas para entendermos de uma vez por todas que por mais que o fim seja certo, a beleza do que foi nunca deixará de ser.

Por fim, não sei se ainda te amo ou se só me perdi na saudade que sinto. Na dúvida fico em silêncio, não quero continuar nos machucando. Hoje, ao escutar algumas músicas que me traduzem, fico no meu canto ensaiando novas maneiras do meu coração olhar o mundo, começar tudo de novo, por mais lindo que seja, hoje, dói tanto. Então, que ao fim de tudo isso, você me leve um pouco com você, mas deixe o meu coração aqui comigo.

Comentar sobre Eu achei que seria para sempre

132 comentários abaixo sobre Eu achei que seria para sempre

  • Sabrina Santos disse:

    Nossa….Falou tudo, Lico. Que perfeito!
    É a dor daquele peito aberto, sangrando, descrito perfeitamente.

    Seus textos são perfeitos.
    Obrigada por isso, é uma honra poder ler seus textos, obrigada por compartilhar.
    Você é incrivel!

    Um beijo,

  • Jéssica Félix disse:

    Maravilhoso, como todos os outros textos.

  • Mille Almeida disse:

    Por fim, não sei se ainda te amo ou se só me perdi na saudade que sinto..

  • Liliane Mineiro disse:

    <3 maravilhoso como sempre. Obrigada Fred *–"

  • Juliana Carvalho Ribeiro Ferre disse:

    Suspiros,,obrigada por isso, especificamente hoje!!

  • Daniela Veiga disse:

    Fred sempre surpreendendo.. Por entre linhas do meu coração você leu o que eu estava sentindo. Sempre bom saber que tem alguém aqui com o coração quente, nesse domingo gelado ❤ ..

  • Gleiciane Peixoto disse:

    Parabéns pela capacidade de exprimir sentimentos! Parece que leio minhas próprias sensações. Sempre identifico -me com os textos. Obrigada!

  • Carol Morgado disse:

    “Espero que estejas bem, mas com saudade. Mesmo distante não quero me sentir sozinho nesse momento.” Perfeito…nossa!!! Estou encantada com suas palavras ♥

  • Cristina Rodrigues disse:

    “Até porque, depois do que aconteceu, mesmo se a gente voltar, a gente não volta.” PERFEITO esse texto!

    • Larissa Carolino disse:

      Adorei essa frase! Eh bem assim!

      • Cristina Rodrigues disse:

        Também, ela diz muita coisa. Beijo Larissa :*

    • Henrique Santos disse:

      Eu sei como é isso. Vivi um relacionamento de dois anos com uma mulher, 8 anos mais nova que eu. Simplesmente fi muito lindo, maravilhoso, mas houve muitos desvios de idéias, “terceiros” interferindo sempre e querendo que ela me traisse. Não sei se houve isso. Mas sei que terminamos por causa de um desses terceiro, e após dois meses longe, no nosso niver de namoro, voltamos. Ficamos juntos por mais 20 dias, e infelizmente, por causa de , “ficantes” que ela teve, nesses dois meses, eu terminei e coloquei minha vida pra frente. Baseando na frase acima, realmente agente não volta, não volta com a mesma vontade, ou mesma sinceridade, cumplicidade e até amor volta diferente. Ambos aprendemos com os erros e ganhamos experiência. Corri atrás, vivi o que tinha pra viver, e hoje, 6 meses depois, esta superado. Ela lá, na casa dela e eu na minha. não mantivemos contato ou qualquer outra chance.

  • Natalia Castro disse:

    Nossa, de tão real até doeu meu coração, mesmo sem motivos…

  • Millena disse:

    Esses textos do fred sempre me fazendo chorar, mas dormir feliz <3

  • Maria Paula Passarelli disse:

    OBRIGADA, Fred. Por compartilhar conosco tamanha transgressão, num mundo de tantas coisas superficiais , seus textos nos levam para o buraco negro dos sentimentos humanos.

  • Beatriz Benjamim disse:

    Esses textos traduzindo os atuais sentimentos ❤
    Valeu muito fazer careta no snap pra ler este textinho lindo, obrigada Fred!

  • Lorena Nepunuceno disse:

    “Mesmo se a gente voltar, a gente não volta…”

    Fred ❤❤❤❤

  • Bruna Botarelli disse:

    Escreveu tudo que venho sentindo há dias… Maravilhoso! ❤

  • Nadhia Dantas disse:

    O que dizer de um texto tão intenso em um domingo tão intenso como o que eu tive hoje? Que coisa mais linda Fred! Sempre é muito difícil dizer adeus às pessoas, mas ele é necessário para que outras novas histórias maravilhosas possam vir. E sempre, sempre deixamos um pouquinho de nós em cada uma delas, assim como deixam um pouco da pessoa na gente <3 .. Obrigada por oficializar o domingo como "Sentimento", não sendo apenas mais um dia da semana! Hahaha .. Lindo <3

  • Carina Araujo disse:

    Lindo, mas fico feliz em não me identificar com esse texto. Me curei. Enfim ta cicatrizado e estou seguindo em frente :)

  • Eyslian Machado disse:

    Fred, pra que fazer isso comigo cara? :'(

  • Satriane disse:

    É tão bom ler esses textos aos domingos, ainda mais quando eu me identifico com eles, isso acontece a maioria da vezes. Haha Parabéns!

  • Helena Guedes disse:

    Esperei por este texto e te digo não podia vir em melhor altura , sei que escreves sobre sentimentos, e escreves espectacularmente bem . mas hoje te digo foi como se me estivesses a ler . não me conheces eu não te conheço mas foi como se estivesses a escrever o que eu sinto . parabéns mesmo continua . o mundo precisa de mais pessoas como tu .

  • Claudia Silva disse:

    Texto maravilhoso!!!

  • Geovana disse:

    Cara na boa , você é o melhor .

  • Gabriela Sousa disse:

    Eu fico aqui imaginando você escrevendo esses textos.
    To amando tudo isso!
    ♥♥♥♥

  • Franciele Braga de Oliveira disse:

    “Então, que ao fim de tudo isso, você me leve um pouco com você, mas deixe o meu coração aqui comigo.”

  • Daiane Rufino disse:

    Então, que ao fim de tudo isso, você me leve um pouco com você, mas deixe o meu coração aqui comigo. ❤❤

  • Andresa vitória disse:

    Ah eu definitivamente não sou assim!! Me seguro, me guardo ao máximo, talvez pq eu prefira ser menos vizinha da intensidade, até ter a certeza que vai ser para sempre do que me machucar com o fim. Lindo texto.

    • Frederico Stewers Elboni Frederico Stewers Elboni disse:

      Essa certeza, infelizmente, não existe. Para quê perder momentos de alegria com medo de sofrer? Se joga ;)

      • Andresa vitória disse:

        Exercício complicado esse! Eu me construí assim! Sabe quando não sabemos nada da vida e escolhemos a defesa pra não se machucar nunca, pois é… Certamente perdi muitas oportunidades de viver momentos felizes, mas eu sou feliz… Olha que fantástico EU SOU FELIZ…KKKKKKKKK

      • Andresa vitória disse:

        Esqueci de agradecer, não gosto de dizer que sou assim e não mudou! Longe de mim! Obrigado e vou tentar me abrir mais. Abraços!

  • lily disse:

    “É muito triste ter que partir sem ter vontade, mas ainda mais triste viver ao lado da pessoa que ama sentindo que ela nao te quer mais!! Uma dor incontrolavel…pensei q essa realidade nunca iria chegar, mas chegou e a dor dilacera a alma”

  • Iris Oliv disse:

    Cara, eu escrevi um texto hoje que o final é bem parecido e também fala de partidas. Seres humanos compartilhando do mesmo sentimento nesse domingo =)
    Gostei muito do que li , parabéns

  • Mariza Mendes disse:

    Muito bonito o texto, faz lembrar que o homem também sente, não só a gente.

  • Aline disse:

    Chorei em cada frase. A história da minha vida. #dhps

  • Amanda Gracino disse:

    Aí Fred pra variar um pouco esse texto está fucksensacional. Lindo por d+, digno de arrancar milhares de sorrisos e fazer parte do meu Universo Particular de textos favoritos.

  • Amanda Bentes disse:

    Fred… vc é vidente? Como vc faz isso? É tudo que estou sentindo agora

  • Junior Pereira disse:

    Que texto sensacional.

  • Nayara Weber Alves disse:

    Fred, só me promete uma coisa? NUNCA PARA DE ESCREVER! Tu é foda demais! ❤

  • Ester Geórgia disse:

    “… nunca sabemos se a outra pessoa está sentindo o mesmo que nós. E seria tão bom se ela sentisse. Não pelo sadismo de ver o outro sofrer, mas para entendermos de uma vez por todas que por mais que o fim seja certo, a beleza do que foi nunca deixará de ser.” Ótimo texto para esse domingo a noite, mais uma vez transcrevendo nossos sentimentos! Beijocas Fred #chegalogoterceirolivro

  • Thamiris Soares disse:

    “Até porque, depois do que aconteceu, mesmo se a gente voltar, a gente não volta.” Eiiita Fred, essa doeu e muito. Mas obrigada por essas palavras que nos fazem refletir. <3<3<3

  • Rodrigo Couto disse:

    Socorro! Você mata meu coração, quês textos lindos. ❤️

  • Mayara Pereira disse:

    Fred me fez chorar! Escreveu meus sentimentos…:(

  • Neiri da Cunha disse:

    “Até porque, depois do que aconteceu, mesmo se a gente voltar, a gente não volta.” Que frase incrível. Que texto !

  • Amanda Alves Belloní disse:

    FRED SEM DÚVIDAS VOCÊ NASCEU PRA ISSO! Muito sucesso e muita energia positiva ❤

  • Letícia Alencar disse:

    UAL, apenas! #tádeparabéns ^_^

  • Marcella Brandtt disse:

    Texto lindo, faz a gente pensar que nós nunca podemos julgar o que se acontece a cabeça dos outros, temos que dar tempo ao tempo e se for pra dar certo, vai dar certo e se não for , você pode dizer assim pra pessoa olha, desejo tudo de bom pra você, porque aqui me despeço e vou virar a esquerda ali pra mudar de caminho. E voce levantou aquela eterna dúvida que perdura para todo o sempre será que tá sendo legal pra mim e pra você?
    O pior são as pessoas que levam um coração e nunca mais devolvem.
    A intensidade dos amores do cotidiano é tão esquisita, pois hoje em dia conheço poucas pessoas que se jogaram de cabeça num amor. Parece que é o medo que comanda as relações tanto no término, quanto na aproximação, quanto na conversa sincera que mostra de uma vez a realidade do relacionamento.
    Cadê a veracidade no amor?
    #textolindo #semjulgamentos #solove <3 <3 <3

  • Bianca Augusta disse:

    Morri! Os amigos mais próximos sempre dizem que a Clarice Lispector acaba sem querer por me traduzir nas entrelinhas da intensidade de tudo que escreveu. Depois desse texto concluo que o Fred também é capaz de fazer isso Uahsuash. Descrever de modo íntimo os meus sentimentos nunca antes revelados a ninguém. O bacana de tudo isso é perceber que por mais solitária e intensa que eu me sinta e pense as vezes que não existe ninguém igual a mim. Por aí, existem muitos Fred’s e Bianca’s e tantos outros que se identificam, simplesmente vivendo intensamente cada dia, se arrebentando na maioria das vezes e se reconstruindo sempre. No final, a gente nunca está sozinho…

    • Natália Dias disse:

      Também vivo essa intensidade, às vezes sinto medo de mim mesma. Não de viver, mas de ser sempre assim…

    • Thiago Gusmão disse:

      Jamais perca as esperanças, moça. A ideia de que cada ser humano é único não mais se sustenta na contemporaneidade. Existe uma infinidade de pessoas com as quais podemos nos identificar e nos relacionar, basta estar com o coração aberto para achá-las e recebê-las em nossas vidas. Guardemos não rancor, mas sim boas lembranças dos que já estiveram em nossas vidas, para nos tornarmos seres humanos melhores do que já fomos outrora.

  • Joyce Ferreira disse:

    “Até porque, depois do que aconteceu, mesmo se a gente voltar, a gente não volta.” – Meu Deus, como pode fazer isso, ler meu coração, e traduzir exatamente o que sinto. É muito óbvio que nunca voltaremos a ser o que era antes !
    Obrigada Fred por tantas palavras que traduzem os sentimentos que muitas vezes estão repreendidos dentro de nós! ♡♥♡♥♡♥♡♡

  • Giovanna Brum disse:

    Tem alguém de indiretinha pra mim <3
    Simplesmente Maravilhoso!

  • Bruna mendes disse:

    Fred! Não sei como tu consegue transmitir tanto sentimento com palavras. Incrível!!

  • Ana Ferraz disse:

    Mexeu com meus sentimentos que estavam apagados por meses..

  • Mariana Santos disse:

    Fred por favor entre em uma maquina de clones e faça vários iguais a você, e distribua para as mulheres desse Brasil.Seus textos são perfeitos, e esse mexeu comigo de uma forma como se você tivesse conversado comigo e relatado um momento que passei. Adoro seus textos e é perigoso eu estar com uma paixão platônica por você HAHAHAH

  • Amanda Brandalize disse:

    “Fico no meu canto ensaiando novas maneiras do meu coração olhar o mundo.” ❤

  • Denise Hermínia disse:

    Amei ;)

  • Paula Martinelli disse:

    “Por fim, não sei se ainda te amo ou se só me perdi na saudade que sinto.”

    Fred sendo Fred <3

  • Michaella Oliveira disse:

    ”Por fim, não sei se ainda te amo ou se só me perdi na saudade que sinto.” Fred, agora tô precisando de uma abraço! Perfeitooo esse texto, como sempre <3

  • Amanda disse:

    Lindo texto!! ❤

  • Samara Faro disse:

    Ahhh Fred! Para com isso! Me fazer chorar num domingo a noite, não né?! Que textooooo! Me traduziu, apenas!

  • Nathana disse:

    Sempre perfeito sempre a Saudade linda e destruidora em partes, em momentos. Fred lindo!

  • Layza Benevides disse:

    Incrível! <3

  • Emily Nunes disse:

    E tá doendo…

  • Eliane Oliveira disse:

    Toca nosso coração como sempre Fred.

  • Rebecca Hopkinson disse:

    Ah que lindo! Parabéns, adorando os textos :)

  • Danielle Oliveira disse:

    É incrível como você consegue definir tão bem alguns sentimentos tão nossos, tão particulares e ao mesmo tempo tão universais. Adoro seu textos, que tristes ou alegres sempre me arrancam sorrisos. :)

  • ㅤㅤ Renata Kelly ㅤ disse:

    Chorei, Fred. Esse foi lá no fundo da ferida.

  • Leonardo Burmann disse:

    Eu nunca tinha lido algo que transmitisse exatamente o que eu sinto! Obrigado.

  • Mariana Pereira disse:

    “Fico no meu canto ensaiando novas maneiras do meu coração olhar o mundo”

    SENSACIONAL ❤

  • Anne Figueiredo disse:

    Bem cara de noite de domingo, onde sentimos aquela saudade e sem entender onde foi que erramos… “Nosso coração quer tanto voltar a se perder na imensidão do que já sentiu, mas a gente sabe que não há como.” Fred não me canso de dizer, você é Top!! Boa noite e ótima semana.

  • Ingrid Melo disse:

    Fred, às vezes lemos textos que descrevem exatamente o que sentimos, sabe? Aquela sensação de que foi feito pra gente. Mas tem vezes, que mesmo não vivendo aquilo, passamos a sentir (ainda que só durante o tempo da leitura, vivemos isso) Tamanho envolvimento que tua palavras causam em que as lê! Admiro muito sua sensibilidade e seu trabalho! Grande beijo!

  • Érica Cantão disse:

    “Talvez eu não saiba lidar com a tristeza da partida”. Não, não sei mesmo! :'(

  • Thalita Ribeiro disse:

    Lindo Fred! Vc arrasa como sempre! Adoro ler seu texto no domingo antes de dormir!

  • Edineia Dipold disse:

    Fred você só poderia estar escondido me observando pra ter escrito esse texto, é perfeito.. você é incrivel obrigado pelos vários sorrisos!!

  • Taís Andrade disse:

    Términos = Saudades!!

  • Giovanna Morgado disse:

    Acompanho esse blog desde o comecinho e não me canso nunca de ler esses textos incríveis do Fred (chamei pelo apelido porque me sinto íntima, parece que somos amigos sem nunca termos nos visto hahah) parabéns por mais um texto maravilhoso que sempre me traduz haha *-*

  • Tátila Junqueira disse:

    “A verdade é que juntar o meu coração com o de alguém sem ser vizinho da intensidade, infelizmente, não faz parte de mim.”
    Me definiu nesse trecho. Texto perfeito como sempre, Fred.
    <3

  • Renata Soares disse:

    “Por fim, não sei se ainda te amo ou se só me perdi na saudade que sinto.”

  • Erica Poliana disse:

    Será que em algum momento eu vou chegar a desacreditar que o “para sempre” existe?… Será que um dia o “para sempre” vai ser realmente para sempre?…
    Porque eu acho nada a ver o “para sempre”, sempre acabar! Rsrs… É… Pelo menos, deixaram o meu coração aqui comigo! Para que ele possa viver o verdadeiro “para sempre”… Eu ainda acredito…
    MUITO OBRIGADA FREDERICO… Seus textos me fazem MELHOR em todos os sentidos!
    OBRIGADA!

  • Júlia Figueiró Coelho disse:

    Chorei lendo este texto. Pensando nas inúmeras situações que ele se encaixa, e na inútil tentativa de não pensar na situação que eu me encaixo. Como é bom e ruim ser intenso. Como é gostoso se entregar por inteiro e como é amargo sentir o vazio completo. Mesmo com alguém tão perto…

  • Glécia Albuquerque disse:

    E mais uma vez, VC se superou! Texto lindo!!

  • Luciana disse:

    Lindo texto, parabéns! Amei!

  • Isabele Bandeira disse:

    Tapa na cara </3 ótimo texto fred ❤

  • Aryane Rodrigues disse:

    “Sou feliz tendo meus sonhos, amores e medos do tamanho do mundo; com a idade estou aprendendo a me aceitar do jeito que sou.” #meumomento

    Coisa linda, mais uma vez, você escrevendo pra mim <3
    Sou completamente apaixonada pela maneira leve, e ao mesmo tempo intensa, que escreve e me arranca vários sorrisos!
    #GratidãoEterna #SrSorrisomaisLindoDasGalaxias #MeFazFeliz

  • Flávia Maria disse:

    Ler esse texto ouvindo “Drop” de Ludovico Einaudi, deu uma intensidade na leitura! Recomendo esse pianista, inspirador pra sair rabiscando folhas por aí…
    Adorei, Fred!

  • Pamella Botelho disse:

    “Para entendermos de uma vez por todas que por mais que o fim seja certo, a beleza do que foi nunca deixará de ser.”
    Gratidão pela palavras, querido Fred! _/_

  • Thais Caroline disse:

    Perfeito <3

  • EusianeLima disse:

    Coisa mais linda de texto!
    Me descreveu completamente num momento que passei .. Adoro seus textos! É sempre um prazer lê-los :)

  • Rafaela Carvalho disse:

    “Então, que ao fim de tudo isso, você me leve um pouco com você, mas deixe o meu coração aqui comigo.”

  • Ana Carla Miranda disse:

    “Eu queria tanto brincar de novo com o cabelo dela. ” Dois sorrisos e algumas lágrimas. ❤
    Perfeiro, como sempre!

  • Laís Medeiros disse:

    “a beleza do que foi nunca deixará de ser.” Meus pensamentos atuais ao lembrar de tudo que me aconteceu. Fred como pode você me traduzir tão bem? Você arrasa, eu fico boquiaberta a cada texto seu, sem palavras pra expressar o quanto eles são perfeitos.

  • Sabrina Gael disse:

    Não sei se ainda te amo ou se só me perdi na saudade que sinto.
    Essa parte me traduz !

  • Taciana Pianezzer disse:

    Doeu um pouquinho ler esse texto….

  • Yasmim Senna disse:

    Que ao fim de tudo isso você me leve um pouco com você ,mas deixe o meu coração aqui comigo ! simplesmente perfeito!

  • Karen Moraes disse:

    Demais <3

  • Neyane Gonçalves disse:

    “A verdade é que juntar o meu coração com o de alguém sem ser vizinho da intensidade, infelizmente, não faz parte de mim”. O que dizer sobre isso? Simplesmente arrasador!

  • Lucas de Castro Carvalho disse:

    Seu trabalho é magnifico! a sensibilidade que você consegue atingir em suas frases e externar um sentimento tão comum mas difícil de ser redigido é impressionante, admiro seu dom de escrever meus sinceros parabéns você é muito bom!

  • Mariane Garcia disse:

    MEEEEEEEEEEEU DEUUUUUUUS <3<3<3

  • Andreya Tufi disse:

    Nossa amei esse texto resumiu o q esto passando agora . Dizer adeus a tudo o que conquistamos juntos, se faz insuportável. “Essa dor de saber que não há volta, mesmo querendo tanto reverter o tempo.” e essa frase então nossa .

  • Bruna Garcia disse:

    Nossa, perfeito *-*

  • Nathyane Caroline disse:

    Incrível como o sentimento é universal, Fred. Muitas vezes, ao sentir, pensamos que estamos sozinhos nessa. Mas, ao ler seu texto (descrevendo o meu momento, inclusive), sei que sentimos parecido. Você, milhares de pessoas e eu. Nobreza sua transpor sua dor e aliviar a minha. Continua firme! Cheiro.

  • Gabi Passos disse:

    Sensacional!!!!

  • Jade Rodrigues disse:

    Traduziu tudo… até chorei. Parabéns!

  • Kelly Vieira disse:

    Me desculpe pela palavra, mas não encontro um advérbio de intensidade que defina esse seu texto tão foda. A cada dia você me surpreende mais, te adoro.

  • Keyla Letícia disse:

    Obrigada por me fazer chorar

  • Felisbela Sousa disse:

    <3

  • Islânia Dantas disse:

    Lindo texto.. Emocionante.. A saudade é algo que tem que conviver.. Fato.. Não adianta quanto tempo passe, ela não deixará de existir..

  • Binatti Bruna disse:

    “Queria deitar minha cabeça na sua barriga quente. Dizer coisas sem pensar. Amar sem pensar. Viver sem medo do futuro e suas responsabilidades”

  • Marcos Alves disse:

    Inferno.

  • Ana Vieira disse:

    Muitas almas por aí gostam de gostar. Amam amar… Quando não há alvo específico ou quando aquele sentimento já não nos causa arrepios, insegurança, desejo… Sentimos mal. Sem ter o que fazer arrumamos nossa mala com uma bagagem de sonhos, sandálias confortáveis e vestidos florais. Loucos de amar o amor. Certos por ir, partir, encontrar…

  • Diogo F. Poncio disse:

    Quanta gente com o coração partido.

  • Jéssica Félix disse:

    AAAIIII MEODEOS! CHEGAAARAM OS LIVROS! <3 Adeus, mundo. Volto quando terminar de ler.

  • Micheli Negrelli disse:

    #coraçãopartidoaqui :(

  • Nídia Souza disse:

    Lindo texto, perfeito!

  • Aline Tavares disse:

    “Talvez eu não saiba lidar com a tristeza da partida. ”
    Ainda não…

  • Wantuil Neto disse:

    Sinceramente , o primeiro parágrafo define exatamente como me sinto dentro de um relacionamento.
    E difícil ser assim, e viver as coisas com tanta intensidade!
    Mas é muito mais fácil do que tentar lutar contra meu
    verdadeiro “Eu” tentando implantar na minha mente e em meu coração uma idéia de superficialidade.
    A verdadeira aventura de um relacionamento e se doar ao máximo, viver intensamente cada momento apostar tudo ainda que venhamos a nos decepcionar.
    Os valores hoje estão invertidos, ninguém mais da valor a ninguém é por mim acho que pessoas como nos vivemos as margens desses valores, porém vivemos felizes enquanto a Aventura não termina.

  • Raíssa Thamires disse:

    Aaah para! Você descreveu meu momento *–* Que liindo ♥

  • *Fran* disse:

    “A verdade é que juntar o meu coração com o de alguém sem ser vizinho da intensidade, infelizmente, não faz parte de mim.”

    Fred, tem certeza de que vc não me conhece?? rsrs
    Muito eu esse texto. Bjs

  • Moises Santos disse:

    Posso gravar em áudio?

  • Maria Eduarda Rocha disse:

    Fred, sendo Fred… PERFEITO!!!

  • Yuri Stavale Aleixos disse:

    E o nó na garganta, como fica?

  • Alexsandro Kremer disse:

    Tô passando por isso, e me deparo com esse texto… Não é pra cristão. O nó na garganta, o aperto no peito. A sensação ruim de acordar e não ver mais a pessoa ao seu lado. De ver ela online e não poder puxar conversa com ela, pois isso acabaria tornando a situação mais difícil. Pior coisa é você se entregar por completo à amada e ela não fazer o mesmo contigo.

  • Silvia Macedo disse:

    Tão sensível esse texto, que chega acalentar o coração!

  • Lucyanna Palacios disse:

    “Por fim, não sei se ainda te amo ou se só me perdi na saudade que sinto.” e mesmo depois de tanto tempo ainda temos essa insegurança de vez em quando. Talvez, por medo de ficar sozinha, achamos e acreditamos ser amor, quando na verdade é só saudade. texto perfeito.

  • Patrícia disse:

    Que texto maravilhoso, para um dia como hoje no qual precisava ler exatamente isso, até mesmo porque como o texto diz estou de mãos dadas com a tristeza, me sentindo a pior pessoa que existe nesse mundo e se não tivesse lido com certeza estaria com a cabeça no travesseiro e a saudade e solidão estariam rondando minha mente e apertando a ferida que insiste em ficar exposta …

  • Amanda Moura disse:

    Difícil é manter o coração com a gente quando ele decidiu ir atrás da parte que o completa. É difícil parar de pensar em alguém que mesmo quando você pensa em simplesmente esquecer algo, é ela que vem na cabeça, quando tudo te remete a lembranças e sonhos com ela. Mas é… o tempo não para pra gente ficar sentindo saudade, reclamando nem nada do tipo, mas como convencer o coração a se abrir pra outra pessoa? O que resta é acreditar primeiramente em Deus e que o tempo, apaziguador das dores, trará respostas. Além do mais, nos resta viver a vida que nos foi concedida né verdade?
    Ah, sobre os seus videos: Você diz que espera que a gente ria várias vezes enquanto assiste né? Pra mim basta você sorrir ou então mecher na sua linda barba ruiva. (;
    Esperando resposta’

  • Alexandra Volpi disse:

    Seu texto me traduziu. É triste de tão real né? como nosso coração fica apertado…

  • Claudio Ferreira disse:

    Cara, já acostumei tanto com seus textos que sei exatamente quando é você que o faz pela intensidade que coloca nas palavras e a leveza com que as transmite. Escreve fácil porque vem do coração a acerta em cheio nos nossos corações!

  • Veriane Anjos disse:

    Traduziu exatamente o momento que estou passando!
    “Dizer adeus a tudo o que conquistamos juntos, se faz insuportável. Essa dor de saber que não há volta, mesmo querendo tanto reverter o tempo, me consome muito.”