Esta foto é sua?

Eu achei que seria para sempre

Eu achei que seria para sempre. Na verdade, eu sempre acho. E não me considero inocente por pensar ou sentir assim. Sou feliz tendo meus sonhos, amores e medos do tamanho do mundo; com a idade estou aprendendo a me aceitar do jeito que sou. A verdade é que juntar o meu coração com o de alguém sem ser vizinho da intensidade, infelizmente, não faz parte de mim.

Do canto mais quieto que há em mim, estou percebendo como lidar com o fim das coisas ainda é algo complexo demais. Dá vontade de gritar. Dá desejo de voltar tudo como era antes. Dói tanto. Rodopia feito carrossel. Dá vontade de voltar as horas. A relação. O sentimento que existia. Eu queria tanto brincar de novo com o cabelo dela. Queria deitar minha cabeça na sua barriga quente. Dizer coisas sem pensar. Amar sem pensar. Viver sem medo do futuro e suas responsabilidades.

Dizer adeus a tudo o que conquistamos juntos, se faz insuportável. Essa dor de saber que não há volta, mesmo querendo tanto reverter o tempo, me consome muito. Antes de dormir fico com o celular repousado no peito na ânsia de te enviar algo. Talvez eu não saiba lidar com a tristeza da partida. Nosso coração quer tanto voltar a se perder na imensidão do que já sentiu, mas a gente sabe que não há como. Até porque, depois do que aconteceu, mesmo se a gente voltar, a gente não volta.

Espero que estejas bem, mas com saudade. Mesmo distante não quero me sentir sozinho nesse momento. Às vezes, quando de mãos dadas com a tristeza de não ter mais quem gostamos ao nosso lado, a gente acha que sentimos tudo isso sozinhos. Pois, na verdade, nunca sabemos se a outra pessoa está sentindo o mesmo que nós. E seria tão bom se ela sentisse. Não pelo sadismo de ver o outro sofrer, mas para entendermos de uma vez por todas que por mais que o fim seja certo, a beleza do que foi nunca deixará de ser.

Por fim, não sei se ainda te amo ou se só me perdi na saudade que sinto. Na dúvida fico em silêncio, não quero continuar nos machucando. Hoje, ao escutar algumas músicas que me traduzem, fico no meu canto ensaiando novas maneiras do meu coração olhar o mundo, começar tudo de novo, por mais lindo que seja, hoje, dói tanto. Então, que ao fim de tudo isso, você me leve um pouco com você, mas deixe o meu coração aqui comigo.

Comentários