Esta foto é sua?

Eu te pedi para ficar

Quando eu te desafinei, foi pra caber no meu tom, já que me bate no peito um coração não tão bom.

Eu te pedi para ficar, passar a noite enroscado, pois quando eu desafinar, entenderás o recado.

Eu quis poder atender você, eu quis deixar toda a mágoa de lado, só que em vez da gente se amar, a gente escolheu acompanhar o passado.
Eu não quis achar um culpado, mas acabei acusando você.

Ninguém disse que tudo isso podia doer. Eu não sei porque tenho que saber. Por favor, quem já sabe, pode me dizer: Por que?

Para um mar de incertezas, quero meu lugar ao sol. Eu não sei como a gente vai se encontrar, meu bem, nenhum de nós quer desatar um nó. Só saiba que antes do nosso amor virar pó, eu sinto a falta de enrolar os seus cabelos perto do meu peito, desde o amanhecer.

Então, me diga quem é você, vá tomar a avenida, antes de qualquer despedida, vá se entender. Eu enxergo um muro em preto e branco, mas eu ando desligado sem ter você do meu lado pra ver como é me perder.
Como é te perder.

Mas agora, te respondendo o que você quer saber, sobre o fogo, ando descalço, eu não chego atrasado, eu não entendo quem sofre por descaso. Meu amor, se você reclama que eu estou sempre repetindo os mesmos passos, eu não chego atrasado.

Eu não falo mais com a lua, eu não entendo quem sofre e continua. Talvez você só tenha entendido que o que eu queria mesmo era estar na sua. Eu não falo mais com a lua.

Eu não durmo quando é dia, eu não entendo quem sofre por preguiça. Se você estiver procurando seu rumo e estiver completamente perdida, vem, me procura, eu não durmo quando é dia.

Gosto dos seus cachecóis e dos vestidos de flor, gosto de ver as meninas na São Salvador, mas se você for aquela mulher que arranca couro só de olhar sem dó, eu vou achar normal, como aquela ida à praia que te deixa com gosto de sal.
Baby…

É tão natural, quanto dizer tchau. Eu tenho tantas coisas dentro do peito, que vão me deixar sem jeito, vou timidamente esperar
E dizer apenas…No final.”

Gostou do texto? Aqui tem trechos de música, sabia? Então, vem conhecer uma das melhores bandas emergentes de gênero alternativo, Baltazar.

Curte o som deles por aqui: 

Comentários