Esta foto é sua?

Faz mais de três dias que ele não fala comigo

Eu pego o telefone. Torno a ligar e desligar. Às vezes acho que é meu Wi-Fi que não está funcionando direito ou a operador de celular que insiste em me trollar, mas não tem nada disso. A quem eu estou insistindo em enganar? Eu espero uma mensagem sua, já teve tempo que esperei um pedido de desculpas, mas isso é quase impossível para quem tem um orgulho tão grande que acha que pode continuar como se nada tivesse acontecido, como se eu nem tivesse existido. Bem, de qualquer forma eu também faço a mesma coisa. Eu insisto achando que posso muito bem viver sem isso, mas quando eu defino o “isso” e me vem o seu nome, não tem como… Meus olhos enchem de lágrimas que não consigo afastar.

Gostaria mesmo de ser mais forte. Gostaria de não ter um coração disparando toda vez que vejo um nome igual ao seu, mas é mais forte do que eu. É, rapaz… Você venceu. Eu entrei nessa achando que seria apenas mais uma pessoa que invadiria minha vida por alguns dias até finalmente dizer adeus, mas você foi ficando, foi ficando e a gente mesmo não entendeu o que tava rolando até que… Meu coração estremeceu e aconteceu. Não sei se foi você que me encantou rápido demais ou se eu que não estava com a minha guarda tão acima do quanto eu poderia esperar. Enfim, rolou. De alguma maneira começou e eu senti que não poderia mais não te deixar sair. Eu nunca quis te prender, entende? Mas eu quis que você quisesse ficar e ao menos tentar alguma coisa. Só que não. Sempre houve outra opção, aliás, outras opções. É o que acontece nos tempos de hoje em que sempre tem alguém melhor, mais “novo” para poder substituir, onde a novidade é o que te faz andar e não a constância, ter alguém com quem contar.

Eu não posso te culpar. Eu também já fui assim, mas então eu aprendi que procurar muita gente é se perder numa imensidão. É nunca ver um clarão. Perdoe-me aos amantes do amor livre, mas eu ainda não vi ninguém entendendo que amor livre de verdade é estar com alguém de verdade, contando com lealdade, atravessando cada obstáculo e não empurrando as próprias limitações para dentro de um buraco. Enfim, esquece… Eu vou tentar te esquecer. Vou tentar viver, mesmo que uma sombra sua ainda insista em aparecer e me provar que eu gosto muito de você.

Comentários