Esta foto é sua?

Meu jeitinho

Movimentos condizentes com o nosso tesão. Sempre soube muito bem pegar no seu cabelo, não muito na ponta, não muito perto da cabeça, tinha uma distância certa, distância que só eu sabia. Sempre soube muito bem te beijar, mordidas, barba, mãos e a boca era só complemento do que definimos como “nosso beijo”. Você era gostosa, sem pudor, gostosa. Tapas em forma de carinho, beijos em forma de agressão, tudo trocado, safadeza, delicadeza e intensidade, éramos assim. E assim te fiz lembrar como sou consciente do meu potencial em te fazer feliz.

Comentários