Minha vida mudou e a culpa não é sua Esta foto é sua?

Minha vida mudou e a culpa não é sua

Desde que eu te conheci, minha vida mudou. Mudou para melhor. Para muito melhor. E sinto lhe dizer, Meu amor, mas mudaria mesmo sem você. Obviamente mudaria. Eu e você sabemos que seus bíceps, embora razoavelmente hipertrofiados, ainda não são capazes de impulsionar a rotação desse mundão véio sem porteira e provocar as voltas que a minha vida dá.

É claro que alguns dias revestiram-se de leveza pela sua simples presença. Mas infelizmente, ela, a sua linda e amada presença, ainda não foi capaz de dar sumiço a todos os problemas que abalam a minha vida. Até porque para todas as coisas além de você eu uso Mastercard e a fatura chega todo dia 30. Infelizmente chega. Até em fevereiro chegou, sabe lá Deus porquê.

Meus pais não deixaram de brigar e o vizinho do 83 continuou ralando meu carro para fazer baliza. As multas por dirigir falando ao telefone chegaram e eu paguei uma a uma. Minha chefe me mandou embora para contratar a própria filha e minha mãe também foi demitida. Minha calopsita morreu, fui assaltada na porta de casa, fiz exames ginecológicos constrangedores, tomei chuva no dia em que saí de calça branca, minha unha do dedão encravou, bati com o dedinho na quina da porta, peguei virose e gripe também. Tudo isso aconteceu e você não evitou absolutamente nada.

Achei estranho. Sempre ouvi dizer que um grande amor muda a vida de uma mulher. Que automaticamente todos os problemas de nossas vidas desaparecem quando amamos e principalmente quando nós, tão sortudas, somos bem comidas. Achei estranho de novo. Me disseram que quando eu fosse bem amada todos os meus problemas evaporariam e eu seria só sorrisos. Só então eu descobri que amor nenhum, por mais maravilhoso que seja, paga as contas e lava a louça acumulada na pia. Homem nenhum, nem você, meu grande amor, resolve os meus problemas e me torna uma mulher mais ou menos feliz.

Sorte a sua. Missão difícil essa de ser responsável pela felicidade de alguém. Principalmente quando não é possível evitar todos os problemas que afligem a vida desse alguém. Graças a Deus arranjei um novo emprego sozinha, comprei um carro novo sozinha, tomei meus remédios sozinha, paguei a fatura do cartão sozinha. Agradeço-lhe imensamente por ter ouvido meus lamentos e glórias nesses últimos tempos e agradeço-lhe mais ainda por fazer-se essencial na minha vida ainda que eu não precise de você para absolutamente nada. Isso é o que eu chamo do mais puro, filtrado, fervido e passado na peneira, amor.

Comentários