Esta foto é sua?

Não faça pouco caso dos meus sentimentos

Eu não sei o que te fez pensar que poderia jogar comigo. Aliás, o que te fez achar que eu entraria nesse circo? Não, eu não quero brincar. E nem vou deixar que você chegue fazendo pouco caso dos meus sentimentos. Convenhamos, já passamos da idade de deixar o coração exposto em uma roda de fogo.

Esse seu rostinho bonito e orelhas perfeitinhas não compensam toda a energia que preciso gastar para desvendar as suas intenções. O fato de você gostar da mesma banda que eu não ameniza qualquer ansiedade que suas ausências poderiam me causar. Pode parar por aí se tudo que você pretende é me fazer destruir uma flor por causa de um bem me quer, mal me quer.

O caminho até aqui foi longo, mas consegui embrulhar os meus sentimentos em papel de presente. Se para mim ou para outro alguém, ainda não sei. Mas carrego a certeza de não querer dá-lo ao primeiro que aparecer pintando desordem.

Olha, sinceramente… estou largando quem não me agarra. Toda essa marra e pose durona está me dando uma preguiça danada. Você está deixando de lado a oportunidade de me mostrar a sua melhor versão. Sim, você falha um pouquinho mais quando me deixa esperar por uma resposta. A regra é realmente mostrar interesse, mas nem tanto assim? Acha que as palavras fofinhas e apelidos carinhosos compensam todos os convites hora aceitos hora recusados? Essas dicas baratas de internet não estão levando a lugar nenhum. Quem te disse que esse gelo vai me fazer enlouquecer de amor? Só me joga na cama que resolve bem melhor.

Então é isso! Me deixe de fora de toda essa brincadeira. Quando a conversa for sincera e o sentimento puro, me procure. Quando a vontade de me ver for maior do que o orgulho, saiba que vou estar aqui esperando por aquele jantar. Mas, enquanto isso, só não venha querer brincar de despertar sentimentos sem a intenção de ficar.

Comentários