Esta foto é sua?

Não ignore sua dor

Não ignore porque, se o fizer, você não vai aprender o quanto dói.

E é quando a gente sabe o quanto dói que a gente entende como é ruim doer. E quando aprendemos o quanto é ruim, a gente tenta aproveitar enquanto é bom.

Não é todo dia que você vai se sentir bem, como as palavras motivam ou as músicas te inspiram. Faz parte. Não dá para controlar.

Existem muitas coisas pra serem feitas que te distraem da dor. São maneiras de te evitar parar no tempo e se consumir. E todas as dicas fazem sentido, todas as dicas são relevantes. O problema é que fala-se muito sobre a importância de se recuperar, mas bem pouco sobre a importância de deixar ruir. Não dá para construir uma nova casa sem que a velha desmorone. Não dá para ser uma nova pessoa sem que tenha sido uma pessoa se arruinando.

Nunca será fácil. Ter o emprego que deseja, o amor que sonha e todas as coisas boas que gostaria de viver. Nunca será fácil. Entre uma e outra conquista você vai se esbarrar em várias decepções, feito buracos na estrada. E o que você faz? Aumenta a velocidade? Não, você presta atenção e reduz. Você olha pra frente pra notar os próximos buracos. Você começa a se proteger, mas perfeito você também não é. Você tenta acertar. E aí depois de cair dentro do buraco mais escuro, você volta a ver luz. No meio da desesperança você reencontra motivação e alegria. Ao passo em que somos produtores de problemas, também somos solucionadores – se é que existe isso; isto é, você é totalmente capaz de resolver grande parte das suas dores. Só não as ignore.

Não finja que a vida é sempre uma alegria do comercial da margarina. Você não precisa ser mais forte que ninguém, muito menos precisa convencer alguém de algo.

A dor vai embora uma hora. Mas quando ela chegar, não se preocupe. Pesquise beleza nos dias nem tão legais, aqueles mesmos dias infinitos. Felicidade é a união de todas as nossas alegrias.

E todo dia a gente tem um minuto alegre. Então, lembre-se, por pior que tenha sido o seu dia ou que esteja sendo a sua fase, se prestar atenção, alguns motivos para comemorar você vai encontrar. Vai passar.

Comentários