Não me interesso pelas interesseiras Esta foto é sua?

Não me interesso pelas interesseiras

Prostitutas à paisana, queridas fingidoras de paixões e sugadoras de falos banhados a ouro, não percebem que os reis do camarote só existem graças a vocês?

Eles, aqueles que limpam a bunda com notas de cem, só existem devido aos seus olhares famintos por cifrões e ao imenso valor que dão às coroas que os falsos reis ostentam. Eles, aqueles que bebem champanhe apesar de preferir vodka, são frutos dos seus sorrisos podres de tão falsos e do útero que vocês, muitas vezes, em desrespeito à nova vida, usam como poupança. Eles, aqueles que dão mais valor às roupas do que ao recheio que as veste, são um reflexo dos elogios mentirosos que vocês tecem em busca de capital e de um lugar ao sol sobre o couro refrigerado de algum carro importado.

Os reis do camarote são uma droga que não existiria se vocês não existissem, rainhas dos camarotes e putas sem a decência de assumir a profissão. Gosto das putas verdadeiras, daquelas que, diferente de vocês, interesseiras enrustidas, informam: “Cobro 300 paus para fazer seu pau feliz. Tudo bem, meu bem?”. Admiro as putas verdadeiras, aquelas que vendem o corpo sem precisar vender a alma.

Muitos dirão que mobile casino podemos reconhecer uma mulher interesseira pelos vestidos curtos e decotes generosos, mas eu discordo. Pois toda mulher tem o direito inviolável de exibir, quando e onde quiser, o próprio corpo. O tamanho da roupa nunca foi proporcional ao do caráter. Não podemos confundir as bolas. Sabe o que faz uma mulher ser considerada interesseira? Eu sei: as mentiras sujas que ela inventa em troca de dinheiro, luxo ou fama.

Alguns afirmarão que eu exagerei quando coloquei a culpa toda no colo das interesseiras. Pode até ser. Mas, deixo aqui uma pergunta: se elas, as que somente por dinheiro fingem amar o coração, não aplaudissem a ostentação sem limites, será que a champanhe continuaria a ser desnecessariamente jogada para o alto?

A lógica é simples: se comprar um celular roubado, mesmo que não queira, estará incentivando o ciclo do roubo. O mesmo acontece quando, com seu corpo, premia a mediocridade dos falsos reis e, com isso, os faz acreditar que para reinar, basta reais.

Por causa de vocês, minoria que por grana é até capaz de matar, os ignorantes continuam a propagar frases generalistas e burras, como: “Mulher gosta mesmo é de dinheiro”. Saibam que vocês, interesseiras desinteressantes, estão longe de representar a ala das mulheres. Porque mulher gosta mesmo é de amor.

Comentários