Esta foto é sua?

Se deixe levar pelas músicas menos conhecidas de Nando Reis

“Essa ideia de que eu sou um cara que faço sucessos é uma ideia que eu mesmo não gosto. Não está escrito que eu faço sucessos. Eu faço música. O fato delas fazerem sucesso ou não, não depende de mim. Muitas músicas que eu fiz que eu acho que tem a mesma qualidade e o mesmo grau de interesse não fizeram sucesso. E eu gosto tanto delas quanto das outras”. 

Ouvi isso a poucos metros – acho até que nem chegava a um metro – de Nando Reis. Um cara que se levantou assim que entramos no seu camarim, um espaço pequeno, simples e colorido. Eu mentiria se contasse as primeiras palavras que disse a ele. Não lembro. Sei que sorri.

Sempre brinco que quando a gente conhece alguém que admira muito, ou a admiração cresce ou some, mas certamente nunca mais será a mesma. A última pergunta da entrevista que fiz com ele foi de onde vinha a inspiração de um dos compositores mais reconhecidos do Brasil. Nando falou muito, mas terminou dizendo que não sabia. Quase que pensando alto, falei “que bom”. Ele me olhou, sorriu e repetiu “que bom”.

Então, não tive escolha que não escrever exatamente sobre as músicas de Nando Reis que não são lá tão conhecidas assim. Não tocaram na novela, não vi montagens no Facebook, não vi Nando tocando em programas de TV. Isso porque, se você é fã de Relicário, All Star, N, A letra A e As coisas tão mais lindas (que já foi até tema de texto meu aqui no Entenda os Homens), saiba que elas saíram do mesmo lugar desconhecido do que as canções abaixo.

Se você já conhecia alguma, perdão. Se não conhecia, talvez seja hora de deixar o bom e velho Nando Reis te surpreender e dizer exatamente aquilo que você não consegue expressar. Como sempre.

“Quando aconteceu, não sei. Quando foi que eu deixei de te amar? (…) Tornar o amor real é expulsá-lo de você pra que ele possa ser de alguém”

“Tão bom como estar com frio e o amor trazer nas mãos um cobertor, ou ver as lágrimas descer dos olhos e ter alguém par enxugar essa dor”

 

“Sou um sujeito imperfeito, mas o lado esquerdo do peito por inteiro te ofereço meu coração vago”

“Não fique triste assim, não vale a pena. Erros e acertos são filhos do mesmo pai”

Comentários