Esta foto é sua?

O mundo dá voltas e a gente também

Você chegou na festa cinco minutos depois que eu sai e eu sai justamente por não ter te encontrado. Fomos assistir ao mesmo filme no cinema: eu em uma ponta da fileira, você na outra.

Amadureci uns quatro anos enquanto você saia e chegava em casa às seis da manhã. Quando você decidiu que queria mudar, eu decidi que queria aproveitar um pouco mais e chegar em casa às quatro.

Passei por você inúmeras vezes na calçada e nunca te senti mais distante. Nossos tempos não batem. Não importa o quanto o mundo gire, não vamos estar no mesmo lugar. “Você é a pessoa certa na hora errada.” Nunca essa frase me soou tão familiar até eu entender que de fato, nossas horas não batem.

Você chegou atrasado na minha vida e eu adiantada na sua. Demorei a entender que esse lapso temporal entre as pessoas, entre nós, de fato, existe e é justamente ele que causa tantos desencontros. Eu te conheci, você me desconheceu. Eu vivi a nossa história, você nem notou que tinha uma. Você deu o seu melhor e ainda foi pouco. Eu me entreguei pela metade e já foi muito. Mesmo se o mundo parasse de girar, nós não teríamos jeito.

Estamos sempre em direções opostas, então, gira mundo e quem sabe um dia, em uma dessas voltas, a gente se esbarra pra pelo menos rir dos desencontros que a gente inventa só pra ter motivo pra lembrar um do outro.

Comentários