O que eles pensam sobre - Animal Print Esta foto é sua?

O que eles pensam sobre – Animal Print

Leopardos, tigres, onças, girafas, vacas, zebras, cobras, crocodilos e até pavões! No nosso competitivo mundinho selvagem, o canibalismo rola solto nas suas mais vastas interpretações e apenas os fortes sobrevivem. Ou quem sabe os mais aparecidos. É dar uma voltinhas pelas redes sociais para ver isso com clareza. A camuflagem perde força e é para os fracos. A ordem é ser notado. E muito. Tentar chamar atenção para ofuscar quem está ao lado e se sobressair para ser visto, devorado, amado e odiado. Regra máxima da selva: aparecer. Mesmo quem é leoa, rainha da floresta toda poderosa, corre o risco de ser picada pelo veneno das jararacas e depois ter sua carcaça estraçalhada pelas hienas sob os olhares atentos e invejosos dos pavões e dos, aparentemente, inofensivos bambis que, convenhamos, só vieram ver a derrota de quem um dia já reinou.

Ok, me empolguei na metáfora animal haha. Isso tudo na verdade era só para dizer que a moda das estampas de bichos chega em 2014 ainda mais forte. Os felinos são os protagonistas, mas dessa vez, todos os bichos entram em cena.

Os mais vistos são as oncinhas e os tigrinhos. Combinam muito bem com as mulheres que fazem a linha sensual, mas ficam ótimos para as estilo mignon. Eles aumentam a silhueta e destacam as curvas. As cobras e outros répteis também fazem esse efeito. O desenho de zebra é perfeito para as mais comportadas, já que a combinação de preto e branco deixa o look um pouco mais discreto.

Então, aproveite a chegada do outono e renove o guarda-roupa. Se você é iniciante nessa onda de selvageria fashion, o ideal é começar aos poucos. Invista em um detalhe estampado. Pode ser um cinto, uma echarpe, uma tiara no cabelo, um sapato ou outro acessório com desenho de oncinha. Depois, acrescente peças de roupa com seu bicho preferido. Uma saia de zebra (eu tenho uma e adoro!), uma camiseta de leopardo, um casaco de cobra. Quando estiver bem corajosa para enfrentar as feras de frente, se jogue no vestido todo estampado. Confesso que nunca usei. Ainda não tenho atitude o suficiente para isso, estou no meio do caminho.

Quer saber? Na real, as estampas de animais não são tão selvagens assim. São clássicos da moda. Encare sem medo. E se acontecer de algum bicho rugir para você, é só retribuir o rugido.


EOH Animal Print Saia Credito Blog Lovely Pepa

Uma boa maneira de começar a entrar na onda animal print. A estampa da saia é uma releitura do leopardo: a cor é desbotada e o desenho não é literal. Veja como a camiseta preta super larga deixa o look despojado e alivia a possível vulgaridade da saia justa.


EOH Animal Print victoriatornegren

Está aí a prova de que um casaco animal print levanta qualquer look. Camiseta branca, calça jeans detonada, bolsa e sapatos pretos. Até então o look mais sem graça do mundo. É só jogar um casaco de bicho e pronto, um visual fashionista aparece instantaneamente.


EOH Animal Print Credito nancie-mwai-in-animal-print-skirt-day-outfit-3

Outra saia inspirada em animal print. A blogueira Nanice Mwai é uma ótima ditadora de estilo. Ela é bem magrinha, mas esse look, com a saia comprida e o blazer acinturado, funciona também para as mais cheinhas. Outro ponto fundamental no visual da Nanice: a estampa preta e branca permite complementos coloridos, como a bolsa rosa e o sapato azul.


EOH Animal Print Plus Size Credito GabiFresh Blog

E aqui a Gabi, super blogger plus size, mostra como as gordinhas podem se jogar no animal print total. O laranja do vestido dá um tom divertido e irreverente para o visual e, ao contrário do look anterior, pede uma combinação com acessórios pretos e discretos. Ah, repare que ela usa os polêmicos sneakers, eu conselho seria trocar por uma botinha preta sem salto bem detonada.


Agora vamos ver as opiniões deles, não que importe, claro, mas é sempre bom dar umas risadas… Vem cá.

Léo Luz

Essa coisa de estampa de animal é esquisito. Pode ser sexy em pouquíssimas situações, mas se você não é um rei de alguma nação obscura da África nem um lutador de MMA com algum apelido como “The Butcher” ou “The Tiger” – tirando isso, fica muito estranho.”

Acho que essas estampas estão no limiar entre o sensual e o mau gosto. Depende muito da quantidade e da peça que é utilizada. Outro dia vi uma mulher usando de cabo a rabo, de fato só faltava o rabo de onça. Ficou bizarro. Outra vi e estava muito linda, elegante e sexy, por acaso minha esposa. Coincidência, eu sei. Roupa sem contar a mulher e o contexto pode ser incrível ou uma aberração.

Frederico Elboni

Eu digo bom! Eu digo senso! Acordei meio cheerleader hoje, eu sei… Enfim, acho super sexy – quando utilizado de forma equilibrada –, pelo simples fato de me despertar um instinto sexual-animal, como se aquela mulher fosse desprendida de todas amarras e quisesse fazer sexo em cima do capô do carro numa estrada deserta com os ecos dos grilos que enciumados nos observavam. Sim, eu sei que não tem nada a ver, mas não sei porque cargas d’água essas roupas, junto com a minha imaginação mais fértil que adubo, me transmitem isso. Sem os grilos enciumados, claro. Enfim, acho legal, é só cuidar para o bacana não virar desastre.

Parece redundante sempre falar no bom senso nessas horas, mas assim como beber água, nunca é demais. Acho legal sim estampas animais, essa coisa de oncinha e tal. Chega a despertar algum fetiche sexual de certa forma quando usado na parte superior (camiseta, camisa, top, etc), entretanto, por outro lado sou totalmente às avessas de usar a mesma em calças (por mais que sejam legging!), assim como as famigeradas calças modelo zebra, também conhecidas por “bettlejuice”.

Ricardo Coiro

Que os homens sentem um tesão louco pela tal da animal print, eu não tenho a menor dúvida. É como esse tipo de estampa trouxesse à tona e desenjaulasse algo que gostamos muito de ver livre na mulher: o instinto selvagem. Aliás, a animal print tem um quê de “Amor Selvagem”, do Zezé de Camargo e Luciano, sabe? “Só assim é que eu me sinto domador da loucura do desejo desse amor!”. Meio brega, né? Mas eu gosto. Dá música e da moda animalesca. Só tenho uma dúvida: será que o tigre sentiria tesão se a tigresa vestisse algo com uma estampa “ser humano print”? Acho que não, pois o ser humano é demasiadamente racional até no sexo. Pergunte a uma onça, por exemplo, se ela se sente culpada quando transa sem amor. Claro que não! Isso é bobeira de ser humano.

Comentários