O que eles pensam sobre - Coque Esta foto é sua?

O que eles pensam sobre – Coque

Não. A opinião de um homem não consegue – e nem deve – mudar o estilo de uma mulher. Aliás, não consegue nem ao menos domar os cabelos de uma mulher.

Mesmo assim, hoje decidi iniciar uma série do quiz dedicada às nossas madeixas para conferir o que será que eles pensam sobre os coques. Afinal, só nós mulheres sabemos quantas horas de salão é preciso para sair com os cabelos maravilhosos. E tem dias que não adianta; seu cabelo acorda com vida própria e decidido a te arruinar. Aí só um coque improvisado pode salvar.

Ao contrário do que muitas mulheres pensam, você pode (e deve!) prender os cabelos quando bem lhe der vontade. Não precisa esperar o casamento do século para fazer um coque. Na verdade, muitos são práticos e fáceis de usar no dia-a-dia. Olha só. Não deu tempo de lavar os cabelos? Prenda num coque bem alto e bagunçado. Tem uma reunião daqui 10 minutos? Faça um coque básico. Acordou toda descabelada? Faça um coque de lado e saia de casa ser feliz. Simples assim.

Falando em moda, a grande tendência para o verão 2014 é o cabelo com mais volume. Seja dividido ao meio ou de lado, o importante é deixar o look com cara bagunçada. O estilo penteado perfeito de princesa da Disney não tem nada a ver com o verão. Vamos ver como isso funciona na prática?


1420175_10200775517685765_14900780_n

O coque alto em estilo “donut” é febre no mundo inteiro. Super prático e versátil, eles são para usar em todas as ocasiões. Desde na academia até no tapete vermelho.


1376804_10200775517605763_1797070347_n

Esse penteado encontra várias tendências: coque, cabelo bagunçado e tranças. O legal é não ser perfeito mesmo. Veja como até o grampo de cabelo fica aparecendo! Ótimo para tentar fazer em casa.


1388011_10200775517645764_1864701437_n

Esse é o coque bem tradicional e clássico. Perfeito para ocasiões formais. O único cuidado com esse penteado é combinar com jóias mais modernas, pois o cabelo pode deixar você com cara de mais velha.


Qual coque será que eles preferem?

Depois de nos descabelar, vamos conferir a opinião deles e dar uma risada?
 

Léo Luz

Eu acho lindo. Como adorador de mulheres de cabelos longos, acho uma das coisas mais sexys do mundo uma mulher de coque com o pescoço à mostra. E o coque meio que desmonta o visual sério, dá um ar mais despojado e mais casual.

Mesmo tendo uma queda por mulheres mais velhas, fico com a sensação que o coque deixa a mulher muito conservadora. Não que seja aversivo, mas por um momento ele me distancia e causa hesitação. Prefiro aquele cabelo sacolejando sobre os ombros e correndo solto.

Frederico Elboni

Sou, sempre fui e sempre serei fascinado por mulheres de coque. Ao meu ver esse clima de despreocupação que alguns coques trazem é uma das coisas mais sexys que o mundo já me ofereceu. Mulheres com pescoço vulnerável sempre será um dos meus maiores pontos fracos. Mas confesso gostar mais daqueles coques largados, quando a mulher está sentindo-se provedora de pouca beleza – usei um eufemismo aqui – , faz um coque e fica uns fiapos de cabelo escapando… Já esses coques, que mais me parecem uma colmeia, não fazem lá muito meu estilo, mas são bonitos.

Depois dessa história toda sobre moda, agora temos que opinar sobre cabelo? Pobre de mim, com um conhecimento que se restringe a máquinas de raspar… Para ser bem sincero, o coque não me parece ser algo muito fácil, tampouco prático de se fazer (se bem feito), portanto não acho que seja algo fácil de se usar no cotidiano. Sinto que é algo mais para ser usado em festas, transformando meninas em moças, moças em senhoritas, senhoritas em senhoras, senhoras em “Velha Surda” (Roni Rios) da praça é nossa.

Ricardo Coiro

Não gosto muito da modalidade. Na vida, já tomei muitos sustos graças a penteados mirabolantes. Sempre que vou buscar alguma fêmea no cabeleireiro, seja namorada ou avó, já chego preparado para o pior. Conheço-me bem e sei que não sou bom em disfarçar a cara de “não gostei!”. Quando dou de cara com esses capacetes cimentados com laquê, não sou capaz de esconder a expressão de decepção. Entendo que, em certas ocasiões, dá um ar mais formal e tal. Porém, falta pontos propícios para pegada e, quase sempre, transforma a mulher em um minicraque ou em algum objeto não identificado. Gosto de cabelo solto e de transformá-los, do meu jeito, com a minha pegada e entre quatro paredes. Outra coisa: algumas mulheres, com penteados do tipo, ficam tão cabeçudas que as imagino, involuntariamente, dando cambalhotas após abaixarem pegar algum objeto no chão.

Comentários