O que eles pensam sobre moda - Lingerie Esta foto é sua?

O que eles pensam sobre moda – Lingerie

Desde que assisti ao desfile da Louis Vuitton no início desde ano, a onda de usar lingerie como roupa “normal” não me sai da cabeça.

Olhando a tendência pura na passarela, parece quase impossível sair de casa vestindo um corselet super sexy. E realmente não dá para fazer isso. Apesar de eu acreditar que todo mundo pode vestir o que bem quiser, acho que ficaria um pouco estranho e, nesse caso específico, o bom senso fala mais alto.

Por isso, levei um tempo para entender que o grande lance é vestir roupas inspiradas em lingeries. Bem importante: “Inspiração” é a palavra-chave. Nada de incorporar a pin-up e sair de cinta-liga por aí. Nada de usar sua camisola na rua. Ao contrário, deixe a roupa íntima para os momentos entre quatro paredes. O legal é usar um vestido que pareça uma camisola e não que seja a própria camisola.

Então, o que procurar para entrar de vez nessa tendência? Seda, rendas, tecidos leves, cores escuras. Como aplicar isso na roupa do dia a dia? Procure por regatas com alças fininhas, vestidos com rendas na barra ou no decote. Pronto. Aí é só brincar com a moda e se divertir. O legal é descobrir que seja qual for seu biotipo você pode (e deve!) se sentir sexy.


 EOH Louis Vuitton2

Esse é o look do desfile da Louis Vuitton. Falo sempre: a imagem da passarela é para servir de inspiração. Olhe os detalhes do decote e da barra com transparência. Esse vestido foi vendido nas lojas, mas é daqueles que até mulheres muito magras correm o risco de ficar vulgar. Cuidado.


 EOH Jennifer-Aniston-7

Jennifer Aniston levou a tendência um pouco mais além e escolheu um look que realmente deixa o sutiã aparecendo. Para acertar, o ideal é que apenas um detalhe da lingerie apareça. Escolha cores sóbrias para compor esse tipo de visual. Nada de sutiã vermelho. O legal é ser sexy sem esforço.


EOH Abbey Crouch EOH Abbey Crouch2

A modelo inglesa Abbey Crouch usa um look bem despojado que todo mundo pode copiar. Combine a regata estilo lingerie com uma calça jeans e rasteirinha no pé. Esses detalhes “neutralizam” um pouco o sex appeal. Dizem que gordinhas não devem usar blusas de alça fina. Depende. Se você quiser usar, jogue um casaco por cima da regata para equilibrar a proporção do corpo.


E aí, será que eles curtem esse lance de usar roupas inspiradas em lingerie?

 

Fiquei curiosa para saber a opinião dos homens. Vamos conferir e dar boas risadas com as respostas?

 

Léo Luz

Eu acho simplesmente lindo, extremamente sexy. Porém, por ser muito sensual, é algo que pode ficar estranho se usado em um ambiente onde você não queria estar tão sexy, como no trabalho ou algo assim. Mas fora isso, go get them, tiger!

Confesso que quando vejo uma lingerie eu penso: porta do paraíso. Pode ser de qualquer cor, textura, formato e tamanho que sobe uma sensação de sexta-feira no corpo. Quando ela é colocada como aperitivo em qualquer visual da mulher é como se já estivesse convidando minha imaginação para passear. E vai longe…

Frederico Elboni

É simples e sexy. Perfeito. Tudo bem que colocar a Jennifer Aniston é um pedido de aprovação para qualquer coisa. Quer dizer, menos um Sneaker. É como se a minha imaginação permeasse o corpo delas, mas não vulgariza-se. Há tempos eu não via uma mescla tão gostosa de sex appeal e simplicidade. Mas ao meu ver, aqui no Brasil as pessoas não teriam maturidade e mente aberta para ver alguém usando isso sem julgar e criar inverdades sobre suas atitudes despudoradas.

Tá aí algo que gostei muito. É certo que colocar uma foto da Jennifer Aniston, minha paixão platônica dos tempos de friends é muita sacanagem, afinal até Crocs ela pode. Voltando ao assunto, no começo fiquei um pouco assustado, afinal de contas a graça da lingerie é apenas ser uma peça provocadora para ser usada entre 4 paredes, geralmente em ocasiões especiais, e como um touro de rodeio, a maioria de nós quer retirar a lingerie da mulher em menos de 8 segundos. Mas vendo por outro prisma, acho muito válida a ideia de usar essas peças para provocar fora das quatro paredes, mas ainda assim mantendo toda uma elegância como Jennie consegue bem expor.

Ricardo Coiro

Não tenho visto essa modalidade por aí. Só posso estar frequentando os lugares errados. Puta coisa sexy pra caralho! Se chutasse uma lâmpada agora e de dentro dela saísse um gênio generoso, depois de temakis ilimitados, com certeza, meu segundo desejo seria acordar e, ao menos por um dia, ver todas as mulheres do mundo dentro dessas camisolas à paisana. Teria vigorosas ereções dentro do busão, na fila do banco, sentado no banco da praça e em vários outros lugares nos quais consigo me comportar e esconder a “paudurescência”. Essa roupagem é tão deliciosa que, ao observar a foto da Isabeli Fontana presente no post, consigo imaginar um velório terminando em sexo selvagem atrás de algum túmulo. Se a “provocação” pudesse ser materializada em algum acessório, sem dúvida, seria em alguma dessas “lingeroupas”. Só seria melhor, se elas fossem comestíveis. As roupas.

Comentários