5 Esta foto é sua?

O que eles pensam sobre – Mulheres de saia longa

É só falar em saia comprida e muita gente já desfia comentários. “Ah, isso é roupa de hippie ou coisa de cigana”. Não é. Quer dizer, também é. Mas não é só isso.

Assim como nós temos várias facetas, algumas peças de roupa também têm. As saias compridas podem soar um pouco como resgate de uma moda lá dos anos 70, época em que reinavam nos festivais de música. Por outro lado, quando exibidas em tecidos esvoaçantes, lembram os vestidos das princesas em versões modernas e delicadas.

Tudo depende de como você vai combinar a roupa com seu estilo.

As saias longas combinam com todos os momentos do dia. Acordamos descabeladas, colocamos a mesma roupa que passamos a noite na balada, um par de Havaianas, camiseta, óculos de sol e estamos prontas para novas aventuras. De noite, vale o movimento contrário. Sai a camiseta, entra uma regata bem decotada (pode ser de seda!) e uma sandália mais sofisticada. Ou também um tênis ou coturno para um desafio diferente. E por aí continuamos lindas, leves e soltas.

Ah, e por mais que o calor tenha cara de roupa curta e boa dose de pele nua, a grande aposta é mesmo a saia comprida para fazer um momento de equilíbrio entre um biquíni e outro. Pense nisso ;)

Fiz um quadro de inspirações com várias maneiras de usar esta peça de roupa que promete ser hit em 2015.

1 2 3 4 5 6

Claro que a opinião masculina não tem muita importância no nosso guarda-roupa.Mesmo assim, só por diversão, vamos conferir o que os guris aqui do EOH pensam sobre as mulheres de saias longas?

Léo Luz

Saias longas sempre. Acho super charmoso e estiloso. Principalmente aquelas saias pouco abaixo do joelho. E combina com qualquer estilo. É o meu tipo de saia preferida. Não pra mim, claro. Eu tenho as pernas muito cabeludas.

Saias longas mostram o que não se pode ver. Acho incrível uma saia longa unicolor com alguma blusinha justa de alcinha, até as chamativas cheias de cores. Mas há de ter volume nas coxas e bundas para também não abusar das linhas retas. Mulher é feita de curvas. Por isso, eu vivo derrapando.

Frederico Elboni

Apesar de algumas parecerem um abajur grandão, eu gosto. Principalmente aquelas plissadas. Aí eu me pego sabendo o que significa “plissada” e me sinto, no mínimo, estranho. Enfim, acho que na maioria das vezes passa atitude, estilo e um sentimento sexy. Sabe aquela coisa não-mostro-mas-seduzo? Então, gostei, mesmo não sendo lá muito fã do estilo hippie-festival-pé-sujo.

Arrisco dizer que saias longas detém um poder de evidenciar na mulher seu sex appeal e singularidade quando assunto é demonstrar sua personalidade. Saias longas dão à mulher um arquétipo de desafiadora misturado a charme, não de que ela é segura demais, mas sim de que ali está seu toque feminino afim de arrancar sutilezas dos encontros com o mundo. Particularmente, piro nas garotas com saias hippies, por causa de sua leveza, harmonia e simplicidade.

Ricardo Coiro

Pelo seu alto grau de espirito natalino, Ricardo foi viajar em busca do Grinch.

Comentários