Esta foto é sua?

Os dias mais importantes da sua vida

Há uma frase que diz mais ou menos assim: “Existem dois dias mais importantes na sua vida: o dia em que você nasce e o dia em que descobre o porquê”. Acho que foi Mark Twain quem disse isso.

Bem, o que ele não disse foi sobre como descobrir o porquê pode ser também assustador. Quero dizer: Realmente assustador. Quando você descobre, não apenas supõe ou imagina o porquê de estar aqui, mas quando você adquire a consciência do porquê, isso aterroriza. Não é à toa que pessoas passam a vida toda em uma profissão, mas só descobrem a felicidade quando resolvem arriscar outra, justamente aquela que é o motivo de estarem aqui.

Posso citar alguns exemplos aqui: Vincent Van Gogh falhou em ser missionário a aos vinte e sete anos resolveu ir para a escola de arte; Vera Wang só desenhou o seu primeiro vestido aos quarenta anos, depois de tentar obter sucesso em outras áreas; Morgan Freeman (que tem toda a minha admiração) só teve o seu primeiro papel como ator aos cinquenta e dois anos.

Enfim, a lista é enorme e citei famosos porque somos mais familiarizados com eles, mas aposto que se você parar para pensar e analisar a sua volta, vai achar alguns exemplos similares.

O problema é que quando você descobre o que nasceu para fazer, todo o mundo que você conhecia, desaparece bem na sua frente e em câmera lenta só para que você observe tudo e tente se agarrar a algo, fracassando nessa tentativa. E aí, você começa a se perguntar: “Como eu vou fazer isso? Como eu vou me tornar médico? Como eu vou ser um músico reconhecido? Como eu vou para a África ser voluntário? Como eu vou fazer com que as pessoas me levem a sério pelo que eu quero fazer?
Dói. Dói muito. É como ser retirado do casulo antes da hora. Assusta. Demais. É como olhar no espelho e de repente começar a enxergar outra pessoa. Não quem você é, mas quem você quer ser.

Sim, é um dia importante. Talvez, realmente seja um dos dias mais importantes da nossa vida. Mas, nem sempre é belo, mágico, fácil e simples como algumas pessoas fazem parecer. Você não acorda um dia e diz: Eu nasci para ser isso. É algo que se desenvolve aos poucos, como se fosse uma célula que faz parte do nosso organismo. Ela sempre esteve ali, desde o nosso começo e vai se desenvolvendo, replicando e replicando até que um dia a gente não consegue mais ignorar. Nosso corpo está todo tomado pela vontade de ser aquilo que já se é.

O que, para Mark Twain e muitos outros é um dos dias mais importantes da vida, é, para mim, um dos mais desafiadores, porque implica no que se vai fazer em seguida. O próximo passo sempre assusta por mais que seja desafiador e injete adrenalina nas nossas veias.

O fato é que, na maioria das vezes, a gente sabe desde muito novo o que veio fazer aqui. O problema está em como chegar lá. Por experiência própria, eu digo, não se preocupe em ter ou não o apoio de alguém, não ligue se te chamarem de louco e duvidarem da sua capacidade, não se importe se fracassar uma, duas, dez, vinte vezes. Aliás, importe-se, mas sem se fazer de vítima. Use o fracasso como aprendizado e faça melhor da próxima vez. Não tenha medo de arriscar, não tenha medo de sonhar.

Eu sei que a gente sempre quer que tudo aconteça rápido e fácil e que todos os nossos problemas se resolvam. Seria lindo, não seria? Mas a beleza de saber o que se veio fazer aqui é justamente ver o esforço que se gasta para se chegar lá. Se você realmente quer e fizer por onde, vai acontecer.

Ouça a você mesmo e se pergunte: Eu sou quem eu queria ser? Não desperdice um dia da sua vida sendo algo que não quer. Espera. Não estou dizendo para se demitir agora, para comprar passagem para o outro lado do mundo sem saber como vai pagar. Não. Comece agora a se tornar quem você quer ser. Planeje e depois execute. Um passo de cada vez.

Um dos dias mais importantes da vida, para mim, é quando a gente aceita ser quem é e não somente o dia em que a gente descobre. Então, descubra e seja. Acrescente mais dias importantes na sua vida e na vida de quem te cerca. Acreditar é mágico. Quando você acredita em algo, devagar, as pessoas que te cercam começam a acreditar também e tudo vai ganhando uma força mágica que vai te levar ao ápice dos sonhos realizados.

Comentários