Quero apenas compartilhar alegrias com você Esta foto é sua?

Quero apenas compartilhar alegrias com você

Sabe, não busco entender metade dos acasos da vida, a gente enlouquece nisso. Busco-te e trago para mim apenas ensaios de um universo paralelo do viver, assim, só nós dois. Não de uma maneira que iremos complexar as coisas, mas sim entender que estamos aqui pra aventurar no charme do que é viver em um ménage entre eu, você e o mundo.

Já estivemos por cima e por baixo, gargalhamos das coisas mais idiotas e sem sentido, passeamos em bad trips, e sim, amadurecemos. O que nos tornou inquietos, desordeiros e fodidos, mas, ao mesmo tempo, sonhadores, exploradores e apaixonados pelos aprendizados dessa vida.

Na janela do quarto, na brisa suave da maré, no horário a cumprir, nos baques da vida, nos sonhos a realizar, nos questionamentos, nos prazeres de diferentes drinks em botecos, na felicidade sem explicação, na sapiência do calar, no cheiro do café preto logo de manhã, no balançar das folhas, no olhar, no respirar. Tudo isso me faz pensar em você, muito louco né?

Pode ser durante uma madrugada sem sono, depois um dia estressante de trabalho, horários para cumprir e sentimentos a fluir, pra mim, a simplicidade de um sentimento em comum compartilhado de maneira leve supera qualquer obstáculo do cotidiano.

Já questionei e quis respostas imediatas, mas parei quando pensei somente na paz que vem pós-banho frio, um sorriso ou planos sobre como seria passear em Jeri, ou interior do Maranhão e ou na parte histórica de alguma cidade do Centro-Oeste desse Brasil, só nós dois a bordo de uma Kombi retro que poderíamos ter.E quando o despertador tocar, eu acordar e minha mão alcançar teu corpo, desnudar a alma e o silêncio repleto de pensamentos harmonizará a atmosfera da nossa morada. É aí que te busco, dentro e fora.

Se, por um acaso, você topasse com a gente por aí, apenas diríamos: E aí, vai um poema, uma história ou uma nova amizade?

Por fim, penso que devemos cultivar esses pequenos momentos do cotidiano consigo, com o mundo e com a natureza, e não tem absolutamente nada de errado nisso.

Se me perguntarem: ‘Mas e aí, o que são vocês dois?’, apenas irei responder o que meus instintos e sentimentos sentem: que pra gente, às vezes, eu só quero compartilhar alegrias.

Comentários