Esta foto é sua?

Saudade de algo ou de alguém?

Essas pensamentos que insistentemente não saem da cabeça é sobre algo ou alguém? O que é toda essa saudade que te aperta o peito?

É que às vezes a gente confunde as coisas pensando ser uma quando na verdade é outra. Para ficar bem claro: é preciso esclarecer se o que sente é por alguém ou só por querer sentir de novo.

Vai ver você esteja só com saudade de fazer sexo, não exatamente do sexo com aquele alguém – ou vai ver é isso mesmo.

Vai ver você esteja com saudade de sentir coisas e não de pessoas. Sabe?

Beijar um boca, mas não aquela boca. Acordar junto, mas não exatamente junto aquele alguém. Fazer planos, mas não com aquele alguém. Ou de repente é mesmo tudo ao contrário, de repente é mesmo um sentimento todo por aquele alguém que saiu da sua vida. Tudo isso pode acontecer.

Você precisa pensar um pouco sobre isso.

Não dá para viver dias seguidos alimentando algo que você nem sabe exatamente o que é. Por isso, respire um pouco, coloque a cabeça no lugar e procure concluir se o que sente é só por sentir ou é mesmo por alguém. Pense bem antes de fazer qualquer coisa, de preferência pense longe do celular.

Algumas coisas podem acontecer de acordo com as suas decisões. Se escolher pagar para ver se o que sente é por alguém, você poderá depositar uma expectativa muito grande na vida desse alguém – e se frustrar se não acontecer o que deseja – ou também poderá ter certeza que é sobre alguém o que sente. Agora, se entender que isso é só um sentimento isolado, sem ser exatamente por alguém, você vai poder encontrar saídas mais claras para resolver, vai poder, por exemplo, pegar o telefone e tratar de resolver de uma maneira mais fácil. Desculpe a confusão mas a questão é tão complexa.

É saudade de algo ou de alguém? Ou de algo com alguém?

Descansa essa sua mente que não para de trabalhar. Na dúvida, não faça nada. Se proteja, proteja seus coração e sua sanidade.

A vida já é um furacão grande demais pra gente querer ser tsunami. Uma coisa de cada vez. Uma respiro entre uma e outra batida do coração. Pense com carinho, não exatamente pense no carinho.

Comentários