Esta foto é sua?

Saudade não tem apelido

Não dá para chamar de um jeito que doa menos. Não dá para ver de uma maneira que sinta menos. Tem vezes que é só saudade mesmo. Na verdade, eu até posso encontrar maneiras de dar outros nomes, mas no fundo, a gente sabe é só saudade e que somos nós tentando nos enganar.

Podemos chamar de “senti falta”, podemos dizer que queríamos voltar no tempo”, mas no fundo, é só a vagarosa saudade, aquela sem hora certa para ir embora. E se for saudade o que você sente, que sinta toda essa saudade. Você não precisa fingir que é outra coisa, não precisa disfarçar e manter outra postura para não se fragilizar, você só precisa aceitar que o que sente se chama saudade.

Saudade de algo ou de alguém, saudade de algo com alguém. É tudo saudade. E talvez agora, em algum lugar do mundo, também tem alguém com saudade de você. Olha que louco, não? Saudade da sua risada e dos seus conselhos. Saudade que todo mundo tem.

Horas de conversa com quem você confia não amenizam o peso do que significa a saudade na sua vida. Você levanta hipóteses, alega carência e justifica a fase difícil de dinheiro para sair e se distrair, mas só quando pousa a cabeça no travesseiro que você para e pensa: “o que eu sinto é saudade”.

E nem sempre dá para mudar. Às vezes a saudade é só uma curva da felicidade; aquelas que você deve ir devagar para não bater, mas que depois passa e te presenteia com uma das mais bonitas paisagens.

Você não precisa ter pressa. Ansiedade não ameniza saudade. E olha que cruel esta palavra que rima com tantas outras que fazem parte da nossa vida de verdade. Vai ver é de propósito para a gente entender que saudade é algo que vamos conviver para sempre, com saudades diferentes de diferentes coisas e pessoas.

Eu queria ter a resposta sobre quando a sua saudade vai passar, mas não tenho. Queria poder te ajudar e falar que amanhã as 15h será o fim da sua saudade, mas não posso. O que posso, porém, é dizer que saudade é algo que você não deve lutar contra, mas sim jogar a favor. Saudade é algo que sempre vai viver com a gente, pois para sempre sentiremos saudade. A vantagem é que a justiça da vida, uma hora ou outra, faz toda essa saudade dormir para vagar o lugar de uma nova felicidade. E tem mais, saudade não é ruim.

Só sente saudade quem viveu de verdade.

E como qualquer pessoa que vive de verdade, algumas sequelas são escorridas pelos nossos dias. A saudade não tem apelido, não tem um nome bonito. É saudade mesmo, que rasteja atrás dos nossos passos e senta ao nosso lado no banco vazio do metrô. E por isso ela marca tanto. Porque a saudade conhece mais da gente do que nós mesmos; ela aparece nos momentos que não esperamos e vai embora na hora que ela quer.

Não dá para chamar de um jeito que doa menos. É só saudade mesmo

Comentários