Esta foto é sua?

Se o coração não sente, não tente

Esse conselho vale para muitas situações na vida e, ao usá-lo, muitos problemas futuros podem ser evitados.

Acontece que o coração é a nossa bússola, já disse antes e vou dizer muito mais. Assim, ele sente o que é certo e o que não é, instantaneamente. Alguns chamam de intuição e pode até ser: a do coração.

Já percebeu quando você conhece alguém e algo dentro de você diz: “não vá em frente, “sinal amarelo”? Mas você teima, insiste, continua conhecendo a pessoa e depois de um tempo, decepção.

Ou quando você tem dezoito anos e está escolhendo sua futura profissão. Você pensa em ser jornalista e o seu coração bate mais forte, você ainda não tem o diploma, mas sabe que é o certo a se fazer. Porém, sua família quer que você faça administração para cuidar dos negócios no futuro. Seu coração não sente nada. É um aviso de frustração futura.

Por isso, eu falo sério quando digo “se o coração não sente, não tente”. Mas para seguir esse conselho, é preciso se conhecer muito bem porque, às vezes, o coração vai bater baixinho, vai sentir discretamente e você tem que saber ouvi-lo.

Você tem um mapa dentro de si: seu cérebro, seus pensamentos, a sua razão. E também tem uma bússola: o coração, os sentimentos, a intuição. Pode ser que você pare em algum caminho errado. Tudo bem. Alguns erros fazem parte da lição. Erre. Aprenda. Siga em frente.

Faça aquilo que faz o seu coração sentir.
Sinta aquilo que ele te diz

Comentários