Esta foto é sua?

Todo apaixonado é “Poeta”

Se eu te contar o que eu vi, você me promete então voltar
Me dá novos motivos para continuar

“Ameaça se arregaça
Faz de conta que não viu
Conta atento sem pensar”

Se eu te disser que eu não escuto
Eu espero a saída para tentar.
Eu prometo que no fim de cada dia eu tento te esperar.
Se entrega a boemia, escuta a nova melodia
Nós nos apaixonamos por escritores, músicos, fotógrafos e pintores
Que dividem os seus dias
Com a obrigação de honrar as contas pra pagar.

“Quero ser poeta
Quero ir além do não
Toda irreverência foi em vão”

Eu escrevo a despedida
Enquanto você dedilha uma nova canção

“Pouca alegoria
Pouca insanação
Toda tempestada acaba
No chão”

Mas no fim das contas, o que ficou então?
Eu pensei nessas palavras todas
Na fração de um esbarrão.
Não me culpa,
É só meu coração,
Eu derrubei um copo de cerveja, mas ele continua na minha mão.
Desculpa por você não saber meu nome,
Eu esqueci de trazer o meu cartão,
Eu só não sei dizer que o meu nome seria uma boa recordação, ou…

“Outra palavra…”

Texto escrito em compilação da letra de “Poeta”, música da Banda Infinito Circular. Curtiu?

Conheça o som de “Poeta”  e os outros sons do Infinito Circular aqui.

Comentários