Esta foto é sua?

Tudo na vida é uma questão de perspectiva

Leia ao som de Times Like These

Eu sempre me julguei predisposto ao sucesso. Meio instintivamente algo me dizia desde criança que eu conseguiria ser tudo que eu pretendia. Sei lá, um bizarro senso de que eu havia nascido para brilhar. Talvez a influência do meu signo ou do meio em que eu fui criado, eu imaginava a minha vida já na infância como um reality show, sempre parecendo que o mundo girava ao meu redor. Não que eu tenha sido um adolescente arrogante ou algo do gênero, muito pelo contrário: eu queria ser amigo de todo mundo, amado por todo mundo, querido e solicitado em qualquer lugar. O meu talento seria reconhecido, a fama seria apenas questão de tempo. Porém, a vida não foi o mar de rosas que meu coração sonhador planejava e eu, num instante, tive que aprender a nadar contra a corrente.

Me atirei de cabeça sem muitos planos ou preocupações. Na minha mente, todo mundo sempre iria me achar o máximo. De repente algumas coisas foram começando a dar errado. Eu me ajustei. – Tanto faz! – eu pensava. Era um pequeno desvio na rota e já voltaria ao rumo da ribalta. Só que coisas demais foram indo de forma inesperada. Meu talento não era reconhecido como eu pretendia. Ao invés de prestígio comecei a encontrar pela frente deboche e desprezo. Eu não estava preparado para nada disso! Foram tempos difíceis, assustadores, como se eu andasse no escuro, abrindo portas sem saber para onde elas dariam. Sabe como é: quando a gente não sabe o que quer, qualquer caminho nos leva. Olhei por muito tempo para mim mesmo com um filtro absurdo de superestimação. Acreditei tanto no meu potencial que esqueci de me policiar, estudar mais, buscar ser melhor. Sempre achei que comigo seria tudo na base do instinto e me dei muito mal por isso.

O resultado é que muitos sonhos meus afundaram. Muitas expectativas foram doloridamente por água abaixo, desejos foram estraçalhados, a esperança de ser tudo que imaginei foi reduzida a poeira. Mas quer saber? Não me arrependi um segundo sequer por ter apostado tão alto. As maiores quedas são das maiores escadas. Não foi fácil, é bem verdade. Tive que engolir seco e aprender na marra a ser humilde o suficiente para reconhecer onde eu julguei ser melhor que realmente era. Mas foi isso, exatamente isso, que fez eu me reajustar. Nem sempre a gente sabe interpretar nossos talentos e sonhos. O que poderia ser uma tragédia, nos olhos certos se transformou no nascimento de um novo sonho. Todas as coisas ruins podem se transformar em boas.

É por isso, meus amigos, que eu afirmo para vocês. Tudo na vida é uma questão de perspectiva. Se a sua caminhada anda miseravelmente ruim por qualquer tropeço, percalço ou empecilho, acredite em mim: mude a forma como você está olhando.

Ninguém escolhe o que a vida faz com a gente, mas você é completamente responsável pelo o que faz com ela.

Comentários