Esta foto é sua?

Um dia…

Me vejo rabugento, olho para minha casa e sinto falta de um toque feminino. Por outro lado sou egoísta, não gosto de dar satisfações, compartilhar o meu mundo repleto de besteiras e principalmente dividir o lado da cama que encosta na parede gelada durante o verão.

Vagando pela minha casa com um samba canção de desenho e barba mal feita me pergunto: será que posso viver assim para sempre? Não vejo problemas, sem sintomas, estou ótimo. Porventura acho que cuidar de três Golden Retrievers e dois filhos sozinho seria uma missão difícil… Mas eu me viro, não gosto de esperar o pãozinho quente na padaria quem dirá esperar por alguém?

Vivo sem anseios, até porque a distração coopera com a realização de qualquer sonho meu. Mas talvez eu goste demais de coisas que vem e vão para ter algo com essa conotação de duradouro, mas claro, quero mudar de opinião.

Um dia.

Comentários