Viva enquanto ainda é uma escolha Esta foto é sua?

Viva enquanto ainda é uma escolha

Saibas, então, ser semeador do amor. Propagador do sorriso – daqueles largos que mostram até os sisos. E que o céu da tua boca seja estrelado como as noites do interior. Aproveite tudo o que vier em tua vida. Porque nesta viagem só de ida até quando se anda para trás está indo para frente.

O relógio corre e a vida encurta. Não fume cigarros. Não beba demais. Nem dê ouvidos aos velhos cansados como eu. Seja são sete dias da semana. Mas reserve algum tempo para fugir da racionalidade. Apaixone por si mesmo 24 horas por dias. Mas separe boa parte do amor próprio para espalhar ao mundo. Não dê flores. Mas tenha um jardim. E uns bichinhos.

Compre livros caros. Tenha carinhos raros. Tenha caminhos tortos. E caninos afiados. Não fale mal dos outros pelas costas. Critique-o com mais sabedoria do que quando for elogiá-lo. Elogio-o sempre quando for criticá-lo – nada está de todo mal. Esteja sempre perfumado, mas sem entupir o elevador. Vá de bicicleta. Suba de escada. Tenha orgulho dos teus pais e do teu país. Aprenda política para discutir com os políticos.

Eduque teus filhos para que eles tomem suas próprias decisões. Tenha relógio, caneta e caderno de anotações sempre ao alcance. Ajude as pessoas quando elas caírem em tua frente. Dê lugar aos idosos e às mulheres em transportes públicos. Prefira teatros a boates. Mas se puder, vá aos dois.

Quando tiver insônia, veja filmes antigos na TV, escreva ou reze. Mas não fique na cama. Não desperdice teu tempo. Não gaste muito dinheiro com roupas. Nem com sapatos. Nem com cortes de cabelo. Aprenda uma língua estrangeira. Ou duas. Ou doze. Mas, primeiramente, domine o teu idioma nativo. Viaje o máximo que puder. Tire fotografias engraçadas e embaraçosas. Tenha uma música para a vida inteira. Vá a shows e grite como uma menininha.

Leve bombons num primeiro encontro. Elogie a roupa dela e o seu perfume. Mas não esqueça de notar nos brincos e nas sapatilhas. Não a leve ao cinema. Leve-a num café. Conversem. Depois, vá ao cinema. Conheça o máximo de pessoas que puder. Mas confie em poucas. Arrume seu armário antes de procurar um amor. Arrume um emprego antes de procurar um amor. Arrume-se todo antes de procurar um amor. Case com a tua melhor amiga. Ou se torne o melhor amigo da tua esposa. Cale-se quando quiser xingá-la. Faça surpresas ao meio-dia. Compre vestidos em dias comuns. Tome o sorvete na mesma casquinha. Trabalhe mais do que deseja e menos do que suporta. Aproveite os caminhos de ida e de volta. Leia, planeja ou recupere teu sono.

Alimente-se bem nos dias de semana. Deixe sempre teu celular no silencioso. Lave as mãos sempre ao chegar em casa. Durma no sofá enquanto ainda é uma escolha. Acorde tarde enquanto ainda é uma escolha. Viva enquanto ainda é uma escolha. Toda dor pode ser suportada enquanto é ainda sentida.

Comentários