Esta foto é sua?

Você é uma pessoa de verdade?

Você vive a sua verdade ou vive uma falsa verdade por indução, proteção e segurança?

Podemos ser idiotas parciais, mas não bestas incrédulos. Só é possível viver a nossa real verdade depois que apagarmos as verdades que a vida nos consolida todos os dias. Somos de verdade não para sermos éticos, mas sim para vivermos essa vida com intensidade.

De verdade não são as notificações que aparecem nas suas redes sociais, de verdade é esse sorriso que você dá quando lê esse texto, até agora, despretensioso. Viu como é gostoso? Isso é de verdade. É puro e bobo, mas é de verdade, não é?

De verdade sou eu, quando me admito carente, cansado, surrado e corro para os braços dos meus sonhos. Nem sempre recheados. De verdade é o meu beijo que não pede língua, mas que pede silêncio de lábios fechados e cabeça pensante. De verdade são as conversas amenas regadas de simpatia, mas não interesse. Mas de verdade mesmo são as pessoas que querem ter convicção da sua sina no mundo, não somente no coração de alguém.

Comentários