Esta foto é sua?

Você quer estar certo. E eu não quero me magoar

Adianta conversar? Se adiantasse acho que você não demoraria tanto a tentar. Eu não sei porque eu penso que você é capaz de se importar, se com palavras macias você é capaz de me machucar.

Talvez você esteja certo. Talvez eu tenha criado expectativas, mas de que estava tudo bem agora e que eu não deveria mais me preocupar em me magoar.

Adianta dizer? Não adianta falar.
Você nunca vai me escutar.
Você sempre vai dizer que não fez nada, mas você nunca vai se colocar no meu lugar.

Para que tanta evolução espiritual se você não vê mais do que está a frente do seu nariz? Diz pra mim. Eu te vejo tão cego e, cara… Eu não vou pagar esse preço. Eu não mereço isso. Não mereço.

Toma jeito. Todo mundo tem defeito. Você também tem. Se alguém se machuca, é sua responsabilidade, meu bem. Para de tirar o corpo fora. Assume isso. Vambora. Ninguém é obrigado a entender a sua hora.

Eu tô indo embora. Eu sei que você não se importa e, sabe, vai ter um dia que não vai doer tanto fechar essa porta como eu estou fazendo agora.

Vai ter um dia que eu não vou me sentir mais como uma aposta.

A vida roda.

Obrigada por me ensinar que eu não devo entregar meus sentimentos a um estranho como uma rosa.
Obrigada por lembrar que devemos ser desprendidos ou a outra pessoa acha que você querer um novo início só sufoca.
Obrigada por me mostrar que eu fiz certo eu não ter entregue o meu corpo pelo mesmo resultado de bosta.
Obrigada por me fazer enxergar que o que eu via de diferente em você nunca existiu.

Obrigada por esse tempo que eu queria apagar, mas nunca volta.

Comentários