Esta foto é sua?

Zona de conforto

Bom, ao contrário dos meus amigos autores, não sou muito adepto ao twitter. Por conta disso uso com muito mais frequência o Facebook, e ao longo desses tempos tenho notado a mesma dinâmica.

A cena é típica durante a semana: mulheres postam que não existe homem decente no mundo, são todos cachorros (como inclusive já satirizei!). Do outro lado da tela homens postam que as mulheres estão cada vez piores, mais interesseiras, e por aí vai. Afinal de contas, quem tem a razão?

Honestamente ambos os lados tem razão em alguns aspectos. O grande problema é que a sociedade como um todo apodreceu, valores se inverteram (e pode ser que isso até renda outro texto).

Passada as queixas durante a semana, qual o script do final de semana? Fotos!

Mulheres postando fotos em grupinhos (sempre com aquele efeito da gravidade fazendo com que todas deem aquela agachadinha), foto no banheiro e por aí vai. No outro canto do ringue, homens com fotos agarrados entre garrafas de vodka, whisky, e por aí vai.

E assim mais um circulo vicioso se completa: reclamamos da falta de alguém, mas por outro lado tomamos atitudes que não ajudam em nada.

Mas então qual a solução? Talvez antes de tudo seja avaliar nossas atitudes, como estamos sendo vistos pelos outros. Se a nossa imagem virtual reflete quem somos de verdade.

O próximo passo talvez seja o mais difícil. Sair daquilo que chamo da zona de conforto psicológico. Isto é, estamos acostumados a sair sempre nos mesmos lugares, com os mesmos amigos.

Talvez esse comportamento no campo sentimental seja reflexo de todo resto. Estamos habituados com tudo muito fácil que esperamos um amor que caia do céu, parece que somos cada vez menos protagonistas de nossas vidas para nos tornar coadjuvantes. Está na hora de assumirmos as rédeas da vida amorosa, sair para um mundo maior do que aquele que nos sentimos confortáveis para sermos mais receptivos. Aquela mulher confiante, que não depende de ninguém e sabe ser sexy daquele jeitinho que tanto falamos em várias oportunidades aqui. Não existe fórmula mágica, o importante é ter atitude acima de tudo.

“A glória dos homens deve ser sempre medida pelos meios de que lançaram mão para conquista-las” – François de La Rochefoucauld

Comentários