O que as suas esperas dizem sobre você

Todo mundo odeia esperar. Filas, então, nem se fala. Tempo perdido é só a ponta do iceberg do sentimento que nos aflige quando estamos ali, imóveis, esperando por algo que vai acontecer. Não tem livro, celular ou fofoca com as […]

Eu te amo não é bom dia. Mas será um tesouro ultrassecreto?

Dizer “eu te amo” é mais ou menos como declarar que come cereal. Quando você é criança, é normal e você esbanja. Depois, na adolescência, quando pensa em dizer que ama a melhor-amiga-há-uma-semana bate uma vergonha descomunal e soletrar as […]

Em 2016, seja uma faísca

Dizer que o que faz a riqueza do mundo é a convivência entre os diferentes ficou complicado neste 2015. As marcas da intolerância religiosa, cultural, sexual, partidária e de tantas outras naturezas se espalham como um rastilho de pólvora. Diálogo […]

Carta para quem amou em 2015

Este não foi um ano fácil, é verdade. Talvez porque tenha sido a própria contradição: demorou, ao mesmo tempo em que voou. E, já que a felicidade é estar onde se está (nem pensando em como será o futuro, nem […]

5 ditados populares para colocar em prática no ano novo

Na faculdade de jornalismo, dizem que a gente não pode usar ditados populares nos textos. É piegas, talvez um pouco brega. Mas eu adoro. As frases que estão na boca de pessoas de todas as idades sempre guardam um conselho […]

Você já errou muito, mas está tudo bem

Ontem conversei com uma amiga sobre como nos arrependemos das coisas. Do intercâmbio que não fizemos, da maturidade para tomar decisões que não tivemos nas horas mais importantes da vida. Sem perceber, conjugamos os verbos no pretérito perfeito. E a […]

5 sinais de que a idade está chegando

Meu irmão insiste em lembrar, as lembranças do Facebook vivem jogando na minha cara e minha primeira afilhada completando cinco anos nos próximos dias não me deixa esquecer: o tempo anda passando. Tenho a sorte de ver meus amigos envelhecendo […]

Temos opções demais, tomamos decisões de menos

Percebo que estou sendo infantil ou dramática numa conversa, quando a minha mãe diz “imagine que quando eu tinha sua idade não tinha duas opções”. Amigos comprovam o que a ciência talvez nunca tenha estudado: a frustração da nossa geração […]

Uma última conversa

É mais uma conversa. A última. Você “não sabe como começar” e eu não sei como terminar. Entre edredons, afagos, lágrimas, passados, covardias. São duas forças contrárias aqui dentro. Uma me pede pra ficar mais, te olhar mais porque sabe […]