Nada destrói tanto um relacionamento como a falta de interesse

Neto Alvespor Neto Alves

Amor é construção diária. Assim como restaurar uma casa ou reformar um carro velho. Cada detalhe importa. Um pequeno fio passado sob o assoalho, pode parecer uma tarefa sem importância alguma, mas se você não a fizer, a luz não acende, o carro não liga, o rádio não funciona.

No amor acontece exatamente a mesma coisa.

Os pequenos cuidados diários são fundamentais para manter o funcionamento das engrenagens; coisas simples como desejar um bom trabalho, perguntar como foi o dia, ajudar a dividir o peso das responsabilidades, fazer um elogio “do nada”, saca?

Essa é a forma que cada um tem de passar o fio sob o assoalho do amor. Ninguém é capaz de fazer uma relação funcionar por muito tempo, se não se lembrar diariamente dessas pequenas ”gratuidades” que parecem tão banais, mas que são essenciais para manter o interesse vivo.

Porque assim como em uma casa velha que está prestes a cair, de nada irá adiantar procurar o erro sob o assoalho; é muito mais fácil derrubar tudo e recomeçar a vida em outro lugar.

Comentar sobre Nada destrói tanto um relacionamento como a falta de interesse