Não se engane. Após dizer “eu te amo”, você precisa ter muito mais o que dizer.

Neto Alvespor Neto Alves

Eu preciso te contar que esse amor romântico que falam por aí, não é o bastante em uma relação.

Vai chegar um momento em que dizer “eu te amo” será tão comum quanto dizer “bom dia”; e aí, o seu amor, sozinho, não será suficiente para manter o castelo de pé. Vai chegar um dia em que ambos terão a consciência de que não adianta nada ter uma pessoa que gosta de você pra caralho, se a única coisa que ela sabe fazer é gostar.

Somos seres humanos, com centenas de necessidades distintas. E sim, o amor é uma delas. Mas não apoie o seu castelo somente em uma palavra de quatro letras, que poucos sabem o verdadeiro significado.

Vai chegar um dia em que você nem se importará se o outro te ama ou não, porque não é de amor que você irá precisar naquele momento, saca?

Pode ser que você esteja precisando de alguém para conhecer novas músicas, de um conselho irresponsável para chutar o balde e mudar de vida, de sexo fácil no fim daquele dia em que você trabalhou pra caralho, de piadas sem graça, de deitar no chão olhando pro nada e contar as burradas que você já fez na vida… essas coisas, sabe?

Porque quando o fim chegar, não adianta nada dizer que não entende como tudo terminou em meio a tanto amor envolvido. Pois na verdade, muitas relações chegam ao fim justamente porque a única coisa que existia era amor.

Comentar sobre Não se engane. Após dizer “eu te amo”, você precisa ter muito mais o que dizer.