10 atitudes que você deve evitar na vida Esta foto é sua?

10 atitudes que você deve evitar na vida

Existem pessoas que apenas caminham como almas penadas sobrevivendo pelos becos da vida, outras conseguem irradiar energia abundante por onde passam. Para ser como elas procure evitar algumas posturas que empobrecem seu modo de se relacionar com os outros.

Então evite com todas as forças essas atitudes:

1- Ser perfeccionista

Esqueça esse mito, perfeição não existe, o que existe é trabalho bem feito, dentro do máximo de recursos que tem aqui e agora. Na tentativa de esperar o cenário ideal para dar o primeiro passo você ficará paralisado no mesmo lugar por muito tempo. Então faça como puder e vá deixando melhor ao longo do tempo, com sua personalidade também, ninguém nasceu ou irá morrer pronto.

2- Não cumprir o que promete

Se falou que faria então faça. Se disse que ia vá. Se prometeu cumpra. Cada um desses pequenos atos de compromisso é que fortalecem seus laços pessoais criam sua reputação. No dia da alegria e da tristeza as pessoas contam com alguém que confiam no fio do bigode, para tratantes elas deixam o seu esquecimento como recíproca.

3- Ser vingativo

Quem acha que a justiça é sua principal virtude pode estar no limiar de uma postura de justiceira. É muito sutil definir os pequenos limites que separam uma pessoa justa de uma fanática por punição, retaliação e vingança. No começo a pessoa quer reparação e no final já quer a cabeça de alguém, além de perigoso é tóxico no convívio, pessoas assim se tornam repetitivas e amarguradas.

4- Culpar os outros pela sua infelicidade

A felicidade é um estado de espírito e não uma emoção, logo, não depende das ações dos outros para se manifestar. Talvez você confunda alegria com felicidade, pois a existência desta última de um esforço continuado para promover bem-estar onde quer que esteja associado com uma postura positiva e próspera. A infelicidade, portanto, é resultado de uma maneira preguiçosa e passiva de encarar a vida e ninguém pode ser responsável pelo que você deixou de sentir e construir, mas apenas você.

5- Se levar muito a sério

Levar a vida com responsabilidade não implica que você seja sisudo ou durão. O contentamento é resultado de uma leveza de encarar as dificuldades como uma porta para novas descobertas e os problemas como desafios continuados. Se não conseguir rir dos seus enganos ou falhas correrá o risco de se fechar para o novo e os aprendizados que surgem depois de cada insucesso.

6- Não sentir que tem méritos 

Seus pais educaram você a pensar que só merecia amor e carinho se tivesse um bom comportamento e caso falhasse seria punido. Mas isso foi só para que você se ajustasse socialmente e não fizesse xixi na sala de visitas. Agora na vida adulta você não precisa ficar mendigando atenção e merecimento por causa dos acertos, mesmo quando você fraqueja ou falha sem o mérito e o direito de ser feliz o quanto puder. Se caiu levante, mas não ache que merece menos um lugar de felicidade nessa vida.

7- Deixar que tudo afete você

Se a cada rajada de vento frio seu humor mudar você está frito. Seu senso de estabilidade interna não pode ser tão volúvel e impressionável que as mudanças externas abalem suas convicções e sua esperança. Aquele dia que seus planos naufragaram não definem sua vida e não podem afetar o seu humor. Nessa hora a resiliência de sua personalidade precisa imperar para que você siga firme mesmo quando o cenário pareça desanimador.

8- Não ter vida própria

Se quer realmente ter aquele frio na barriga e se encantar com os pequenos detalhes do cotidiano então precisa saber que a sua vida precisa florescer a partir de dentro. Toda vez que imaginar que alguém é essencialmente indispensável para que sinta bem-estar pode estar cultivando uma vida vazia de sentido e candidata a problemas emocionais. Descubra o que o move e siga nessa trilha.

9- Sentir pena de si mesmo

Aquilo que você atravessa de problemas e dificuldades não deveria ser a marca registrada de sua personalidade. Algumas pessoas parecem se vangloriar de sua desgraça e alimentam um temperamento de coitadinho. Gostam de repetir o lema: “você não sabe o que eu sofri” como se isso a fizesse melhor do que os outros. Se quer ser querido e respeitado tenha a cabeça erguida por seguir os seus sonhos e não pode ter sofrido na vida.

10- Reprimir exageradamente seus desejos e sonhos 

Nem todos os sonhos são possíveis, ainda que desejáveis e cada um terá que adaptar suas expectativas ao longo do caminho para viver com alegria entre a tensão e o tesão. O problema é achar que nenhum desejo é possível ou sonho realizável e ficar parado de boca aberta como se mamãe viesse trazer o alimento. Se quer algo de verdade trabalhe incessantemente para sair da condição inicial até chegar o mais próximo (ou além) do estado ideal.

Comentários