Esta foto é sua?

5 músicas com histórias reais por trás

Por ser viciada em ouvir músicas, primeiro eu dou uma história a elas. Tem sempre um alguém que me lembra uma música por causa de um momento que passamos juntos, importante ou banal, se houvesse música ao fundo, ela virava tema de uma história minha.

Depois, eu gosto de pesquisar sobre a história por trás da letra, da melodia. Qual foi o motivo da inspiração. Não é possível encontrar a história de todas as músicas, mas aqui eu vou mostrar algumas que eu já sabia, que me contaram e que encontrei pesquisando.

gif3

O engraçado da música é que ela sempre vai contar uma história e aquela história apenas, mas para quem a ouve, para as milhares de pessoas que a ouvem, a história nunca é a mesma.

1 – Fix you – Coldplay

Chris Martin escreveu essa música para a sua ex-esposa Gwyneth Paltrow quando ela perdeu o pai. Contam por aí que ela estava arrasada há dias, então Chris perguntou o que podia fazer para ajudar, ela respondeu que ele era o único que poderia “consertá-la” e daí veio a música.

chris

2 – Hate me – Blue October

A versão preferida do vocalista, Justin, é a acústica.
Quem me contou a história dessa música foi uma amiga para a qual apresentei a banda. Ela me disse que a música é como se fosse uma página do diário de Justin, tamanha a sua pessoalidade. A música aborda temas como dependência química, pensamentos sobre ódio e suicídio e começa com a ligação de sua mãe para saber se está tudo bem.

3 – Hey Jude – The Beatles

Considerada uma das músicas de maior sucesso de todo o século XX e composta pelo Sir Paul McCartney em 1968. A música foi escrita para Julian Lennon, filho de John Lennon, quando a criança tinha cinco anos de idade e seus pais estavam em processo de separação.

Paul se comoveu com o momento vivido por Julian e compôs a música de incentivo. Era para ser chamada “Hey Jules”, mas Paul achou a sonoridade de “Hey Jude” melhor.

giphy

4 – Tears in heaven – Eric Clapton

A letra da música aborda a dor da perda que Eric sentiu após a trágica morte de seu filho Conor de quatro anos de idade, que caiu da janela do 53º andar de um apartamento de um amigo de sua mãe em 1991.

5 – You only exception – Paramore

Escrita pela Hayley Williams, que assumiu ser a canção mais pessoal já escrita em sua carreira. A música aborda o divórcio de seus pais, com ênfase na sua crença da inexistência do verdadeiro amor e mostra como uma pessoa, a única exceção, curou seu trauma de infância.

bart

É isso. Se vocês souberem de alguma outra informação sobre essas músicas ou de alguma música que conte uma história interessante por trás, comenta aqui. Quem sabe não aparece na próxima lista!

Comentários