Esta foto é sua?

Carta de um ex para o atual

E aí, cara!? Tudo bem?

Não, você não me conhece, mas permita-me a apresentação bem rápida: eu sou o ex da mulher que hoje te ama. Espero que só uma tenha vindo à sua cabeça. Espero que dentre todas as aventuras que você teve, seja ela quem sobressaiu e se transformou também no seu amor.

Vim aqui hoje pra dizer que você está fazendo sofrer a mulher mais maravilhosa que existe. Claro que ela tem defeitos e você sabe bem disso. Ela me contou do tempo que vocês ficaram juntos e não somos cegos, apenas amamos. O amor não releva os defeitos, mas os abraça e enaltece o que tudo aquilo que é bom. Nós dois sabemos que ela vale à pena.

Talvez você me pergunte como eu sei de vocês dois. Então, cara, eu a procurei ontem. Precisava desabafar e desentalar do peito tudo isso que ainda levava aqui dentro. Tomei coragem e fui. Ainda conversamos, mas viramos dois bons amigos. E, no auge da conversa, eu senti que ela queria me contar algo. Senti que ela também precisava falar.

E ela falou de você.

Se doeu? Sempre dói. Eu não terminei com ela por uma briga. Não foi culpa de ninguém. Ela teve que ficar um tempo fora e achamos melhor ir cada um pro seu lado. Ficou um restinho de vontade de retomar tudo aquilo e foi isso que me fez ir atrás. Fui lá pra falar do meu amor e dei de cara com o teu nos olhos dela.

Mais perdida do que nunca, ela confessou o carinho e o desejo de poder estar perto de você, mas que a sua imobilidade não ajudava. Planos pra se ver? Poucos. E nessa distância, desculpa falar assim, a vida invariavelmente seguirá e vocês vão se perder. Num outro dia, quem estará na minha posição será você.

Sei que é muito estranho um ex vir aqui e dizer todas essas coisas, mas eu aprendi (com ela) que o amor genuíno não toma posse de nada. Ele torce para que o outro seja feliz acima de tudo. Se puder ser junto, melhor ainda. Se não puder, paciência. E eu espero que ela possa ser muito feliz ainda com alguém que realmente faça de tudo para estar do lado dela.

Como eu um dia fiz.

E disse isso tudo à ela. Que ela não deveria aceitar nada menos que um amor gostoso, parceiro e que buscasse coisas em comum – mesmo sabendo que duas pessoas podem ter sonhos bem distintos. Que nenhuma outra pessoa poderia entregar menos do que ela já teve. Porque, sabe cara, ela já foi muito amada. Mesmo.

Espero, de verdade, que você não a perca. Que essa linha que ainda une vocês seja o suficiente para fazer o encontro acontecer. Não precisa ser pra sempre, só não pode ser jogado no lixo. Eu sou o ex da mulher mais maravilhosa do mundo que, hoje, está sofrendo por você – e eu sei que você sabe. Por favor, faça alguma coisa.

Nem que seja deixá-la livre.

Comentários