Esta foto é sua?

Deixa eu ouvir a sua risada?

Para de digitar e me manda um áudio. Esse negócio de “digitando…” me dá uma agonia. Manda um textão em áudio. Deixa eu ouvir sua risada. Resolveu aqui no trabalho? E o livro, conseguiu ler na volta para casa? Você disse ter acordado meio com dor de cabeça, ainda é só meio?

Eu quero te ouvir um pouco. Que sorte a do seu celular por ser quem fica mais perto de você durante o dia inteiro, todos os dias. Ele sabe mais de você do que qualquer pessoa. É quem já te viu rir sozinha, é quem já te viu chorar, quem já te viu brava e feliz da vida.

Fiquei pensando naquilo que me disse. Eu acho que você deve contar para o seu chefe o que está sentindo. Você precisa fazer alguma coisa para resolver, nem que seja alguma coisinha. Te sinto apreensiva e com sono encurtado. Há preocupações que não precisam fazer parte do nosso dia. A gente tem a mania de piorar problemas, sabe? Isso faz parte. Mas a gente também pode passar a resolver. Fica tranquila, vai dar tudo certo.

Vamos sair essa semana? Cinema nesta quarta-feira? Isso, quarta-feira. Sim, no meio da semana. Sim, do nada. Por que a gente tem que programar os bons dias da vida? Por que não dá só pra gente viver? Vamos nos distrair, acho que vai ser bom.

Ok, a gente espera ver como vai ser o dia. Vou esperar dizer “É que tô cansada e queria ir para casa” tipo o que você faz todos os dias…As coisas vão se resolver. Eu sei que você se cobra tanto pelo tanto que batalha, mas as coisas vão se resolver. Eu não consigo te provar, mas consigo te dizer isso por ver o tanto que você planta e merece colher. Assim que funciona na vida, sabe?

Agora me manda mais um áudio? Me fala qualquer coisa, fala o que tá passando na TV. Você gosta daquela nova “A Regra do Jogo?” Eu não sei nada sobre ela, só vi no comercial. Me conta as músicas que ouviu hoje.

É tão difícil não estar perto de você como eu gostaria agora, então, me deixa sentir você o mais perto que eu puder?

Comentários