Léo Luz por Léo Luz

Eu não quero dar certo com você

A gente nunca vai dar certo. Você fuma e bebe, eu tenho asma e não bebo nem ponche. Você AMA praia e natureza. Eu não entro no mar há quase dez anos por medo de tubarão, e o máximo de mato que gosto é o canteiro central do meu condomínio. Você é a mulher mais bonita e fotogênica que eu conheço, e eu, além de magrelo, feio e barrigudo, fico parecendo uma versão mais jovem do Zeca Pagodinho nas fotos. Imagina suas amigas vendo a amiga linda e fotogênica delas na foto com um Zeca Pagodinho com menos (pra você ver) glamour? Não vai dar certo.

Nem sei porque a gente ainda discute se daríamos certo ou não. É óbvio que não! Seus amigos artistas de esquerda iam me detestar, meus amigos iam te odiar porque eles sabem da nossa história e o quanto eu sofri por você. Você é prática, eu sou onírico. Você pensa, eu devaneio. Eu falo, você observa. Você sorri, eu emburro. Você vai, eu rodeio. Você é pessoas, eu sou no meu canto. Você é divertida, eu sou um chato. Você faz, eu sonho. Você cogita, eu pulo de cabeça. Você mede, eu chuto a porta. Você planeja, eu buzino embaixo da sua janela às sete da manhã com hospedagens compradas em Iguaba. Tem como dar certo?

Enquanto eu escrevo esse texto pensando em você, mesmo estando cheio de coisas para fazer, você resolve questões da mudança, de trabalho, de trabalhos extras, de mercado, compras, roupas, e, se eu passar pela sua cabeça, vai ser algo como “O Léo é maluco, a gente nunca vai dar certo”, mas, mesmo assim, vai ser um pensamento bem rápido. Você nunca se preocupa. Eu só me preocupo. Você espera, eu anseio. Você calma, eu suo frio. Depois do primeiro beijo, você age normalmente, eu não vejo a hora do segundo. Você é imediata, eu sou um futuro que nunca chega. Você pondera, eu discurso. Você aproxima, eu distancio. Você sempre sorri nas fotos, eu sempre reclamo das minhas fotos.

A gente nunca daria certo. Jamais. Nunquinha. Só no dia 31 de fevereiro. Só quando anão jogar capoeira. Mas eu não quero dar certo com você. Eu dei certo com todas as minhas ex-namoradas, que hoje são ex. Você deu certo com todos os seus ex-namorados, que hoje são ex. Muitos dos meus amigos e seus amigos dão muito certo em relacionamentos permeados de mentira, de joguinhos, em relacionamentos sem respeito, sem zelo, sem pensar no outro. Por isso, moça, a última coisa que eu quero nesse mundo é dar certo com você. Por esse prisma, eu nunca quis dar tão errado com alguém. Eu quero dar bem errado. Quero que sejamos dois errados, você me arrastando pra praia pra eu ficar lendo na areia e reclamando de tudo. Quero que eu te convença a ir a um jogo em um estádio lotado. Quero que você fume na varanda da minha casa enquanto eu tusso alto pra ver se você se manca. Quero que você reclame que faltam seis meses pra nossa viagem e eu já decorei o mapa do lugar e já conheço todos os restaurantes locais. Mas quero, principalmente, que a gente dê errado e se goste muito, se respeite, se faça companhia, se ajude, cresça um ao lado do outro e que a gente tenha muito mais companheirismo do que todos os relacionamentos que tivemos e que deram certo. Vamos dar errado?

chat_bubble Leia ϟ comentários

ϟ Comentários

arrow_back Voltar chat_bubble Comentar