Léo Luz por Léo Luz

“Eu só quero te comer”

Há umas horas você perguntou se o que eu queria com você era só sexo. Mas que pergunta idiota. O que mais poderia ser? Com esse corpo, sem frescuras, com a sua experiência de vida, o que mais eu iria querer com você? Ora bolas, como diriam os antigos, mas que perguntinha. Por que você acha nós trocamos, só hoje, (eu contei, não precisa conferir) mil duzentas e quarenta e sete mensagens no celular? Pra que você acha que eu sou gentil, fofo, engraçado e solícito com você? Pra te comer, pra que mais? Por que eu passo horas pensando em você, fico esfuziante quando você me manda mensagem e quase explodo de alegria quando você me conta que falou de mim pros seus amigos? Porque eu só quero te comer, deveria ser óbvio.

Por que diabos eu ficaria em um dia duas horas e cinquenta e dois minutos e no outro duas horas e vinte e cinco minutos ao telefone com você? Um homem faz tudo por sexo. Vai dizer que nem imagina por que eu fico tão feliz quando descubro que temos absolutamente os mesmos gostos para filmes e lugares para viajar, por exemplo? Santa ingenuidade, Bátima. Por que mais, Deus, eu ficaria imaginando nós dois em uma pousada romântica em algum lugar paradisíaco, isolada de tudo, sem telefone, durante vários dias? Pra te comer, não teria outra razão.

Eu não tenho nenhum motivo para cogitar te levar à praia – que eu detesto – quando você vier me visitar a não ser querer sexo com você. Muito menos eu tenho alguma razão para me preocupar se você vai reclamar da bagunça da minha casa, do pelo dos gatos ou do fato de eu só usar camiseta de desenho animado ou com frases engraçadinhas. Quer dizer, tenho um motivo: comer você. Não se engane, tudo o que eu faço é pra te comer. Me preocupo com o que seus amigos e sua família pensariam de mim, tento ser menos ansioso e menos desesperado, passo horas inventando um compromisso na sua cidade só pra ter a desculpa de “caramba, tô pertinho de você, vamos tomar um café?”. Faço tudo isso com o único e certeiro objetivo de te comer.

E quando eu penso se você preferiria morar na praia ou na serra? Ou quando imagino se você gostaria de ter um pitbull que nem eu? E quando meu coração acelera de ver “digitando” no celular enquanto você me escreve uma mensagem? Tudo pra te comer, só sexo. Não se deixe enganar pela minha fofura e meu pretenso romantismo. É tudo pra ganhar as garotas. No fundo eu só quero te comer. Quando eu imagino nós dois fazendo uma viagem romântica para a Europa – e automaticamente ignoro o meu enorme cagaço de avião – tudo o que eu quero é te levar pra lá pra te comer na Europa. Só, mais nada. Curto e grosso. E quando eu penso que nos daríamos super bem se morássemos perto, ou até se morássemos juntos? Jesus, só me passa pela cabeça comer você. Já disse, não se deixe enganar. Eu engano bem. Vai por mim. Aliás, uma chance: por que você acha que eu estou escrevendo esse texto?

chat_bubble Leia ϟ comentários

ϟ Comentários

arrow_back Voltar chat_bubble Comentar